Início Bairros e Áreas de Roma As Termas de Diocleciano e a Basílica de Santa Maria degli Angeli...

As Termas de Diocleciano e a Basílica de Santa Maria degli Angeli e dei Martiri

Publicado em:

A menos de cinco minutos a pé da Estação Termini encontram-se os restos daquelas que eram as maiores termas da antiguidade: as Termas de Diocleciano. O vai e vem de milhares de passageiros no local não nos deixa imaginar que parte da Estação Termini também foi construída na parte adjacente às termas.

Leia também: 15 ótimas razões, além do preço, para hospedar-se perto da Estação Termini

termas-de-diocleciano-19

Quem foi Diocleciano?

Caio Aurélio Valério Diocleciano foi um imperador romano, que nasceu na província romana da Dalmácia, que hoje em dia compreende os territórios dos países Croácia, Bósnia, Albânia e Sérvia. Fez parte do exército romano até virar comandante de cavalaria. Esteve no poder de 284 a 305 d.C.

Breve história das Termas de Diocleciano:

Outrora as maiores termas construídas na Roma Antiga, foram iniciadas por Maximiamo (imperador romano do Oriente) e inauguradas em 306 d.C., quando ambos já haviam abdicado do poder.

termas-de-diocleciano-2

Elas foram construídas para fornecer serviço hídrico e higiênico a bairros muito povoados, onde hoje temos o Quirinale, o Viminale e o Esquilino. E na época foi necessário demolir inteiros bairros para que fossem construídas.

Ainda no século VI, quando foram desativadas, depois das invasões barbáricas dos Godos e Vândalos (uma vez que eles destruíram os aquedutos que as alimentavam), podiam acomodar 3.000 pessoas por dia e possuíam 2400 banheiras/piscinas. Funcionaram até 537 d.C.

termas-de-diocleciano-14

Transformações na Idade Média: a Basílica

A Basilica de Santa Maria degli Angeli e dei Martiri (Basílica de Santa Maria dos Anjos e dos Mártires)

Bem de frente para uma das principais praças de Roma, a Piazza della Repubblica, encontra-se essa basílica que foi construída dentro dos restos das Termas de Diocleciano. Ela é a igreja onde celebram-se as cerimônias oficiais do Estado Italiano. Lá foi celebrado o funeral dos militares italianos mortos em Nassiriya, no Iraque, no ano de 2006.

termas-de-diocleciano-3

A fachada da igreja é nua e crua, nada suntuosa se pensarmos nas fachadas de mármore de tantas outras basílicas barrocas. Mas saiba que pelo menos a camada interna de tijolos é da época romana antiga. Eles possuem mais de 1700 anos!

termas-de-diocleciano-17

Ela foi construída onde existia o tepidarium. O tepidarium era o ambiente das termas dedicado aos banhos de água morna, enquanto o caldarium ou calidarium era para os banhos de água quente e o frigidarium para aqueles de água fria. O tepidarium geralmente ficava entre o calidarium e o frigidarium. Essas palavras latinas encontram-se bem presentes no italiano moderno: tiepido (morno), caldo (quente) e frigido (frígido, frio). As obras iniciariam em 1562, por projeto de Michelangelo, sob o papado de Pio IV. Nessa época Michelangelo também estava trabalhando na Basílica de São Pedro.

termas-de-diocleciano-7

A grande genialidade de Michelangelo foi não destruir a estrutura já existente. Isso fez com que a basílica possua uma forma diferente das demais igrejas. Ele é mais larga para os lados, formando uma espécie de cruz. O eixo horizontal é mais amplo do que o eixo vertical. No século XVIII a igreja passou por outras reformas arquitetônicas pelas mãos de Luigi Vanvitelli.

termas-de-diocleciano-15

A Meridiana

termas-de-diocleciano-9

Ela é ricamente decorada com mármores cor-de-rosa e possui uma surpresa! No braço direito encontra-se desenhada no chão uma meridiana, construída por ordem do papa Clemente XII para o jubileu do ano 1700. Essa meridiana foi usada como relógio solar e regulava todos os relógios de Roma até o ano 1846, quando esse papel foi confiado ao canhão do Gianicolo.

termas-de-diocleciano-10

termas-de-diocleciano-11

termas-de-diocleciano-18

Notável também o enorme órgão de fole (no braço esquerdo) e as belas estátuas de anjos, que fazem jus ao nome da igreja.

termas-de-diocleciano-6

termas-de-diocleciano-16

 

Luciana Rodrigues
Guia brasileira em Roma e Vaticano. Moradora de Roma há mais de 21 anos. Idealizadora e produtora de conteúdo do Roma Pra Você, para quem quer organizar a sua viagem a Roma em plena autonomia. Seja bem-vindo(a) e prazer em conhecê-lo(a)!

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dicas Mais Procuradas

- Advertisement -