You are here
Home > Atrações > As igrejas e os subterrâneos do Trastevere: a Basílica de Santa Cecília

As igrejas e os subterrâneos do Trastevere: a Basílica de Santa Cecília

Seguro viagem geral 728x90

O Trastevere é um bairro cheio de surpresas. Se ele atrai milhares de visitantes e moradores a causa da sua área medieval e da vida boêmia, também é importante saber é possível conhecer os subterrâneos do Trastevere, muitas vezes passando por baixo das igrejas. Ali, mergulhados no silêncio, podemos conhecer o passado antiquíssimo do bairro, além de construções e achados da época dos antigos romanos.

Minha filha mais velha se chama Cecilia. Este é um nome romano bem tradicional, e também o nome da santa padroeira da música e dos músicos. Quando ela ainda era um bebê, muitos me perguntavam se ela já tinha sido levado à Basilica da “sua santa”.

basilica-de-santa-cecilia

A Via di Santa Cecilia é uma rua bem pequenina, mas cheia de coisas bem legais: bares, uma livraria africana, uma livraria linda para crianças bem em frente à Basílica, etc.

Santa Cecilia realmente é mais uma das maravilhosas igrejas romanas. E tem mais uma coisa positiva: não fica tão cheia de gente como outras igrejas famosas, como, por exemplo, a Basílica de Santa Maria in Trastevere. Dá para turistar, mas também ter um momento de recolhimento religioso, o que praticamente nunca dá para fazer em igrejas com muitos turistas.

O bairro Trastevere é dividido por uma avenida, o Viale Trastevere, onde passa o bonde 8. A parte esquerda (lado onde fica a Piazza Santa Maria in Trastevere) é bem cheia de bares, restaurantes, lojas, gente, gente, gente e mais gente.

basilica-de-santa-cecilia-2

A parte que fica na direção oposta/de frente para o Gueto Hebraico e para a Isola Tiberina é bem mais calma mais gostosa para fazer um passeio (opinião super pessoal), principalmente para quem gosta de tranquilidade. E tem uns becos lindos, como o Vicolo dell’Atleta, onde pode-se encontrar o resto de uma casa medieval. E é nessa parte menos badalada que fica a Basílica de Santa Cecilia.

basilica-de-santa-cecilia-3

A Basilica foi construída em cima da casa onde Cecilia e seu marido Valeriano moravam. Eles foram mártires cristãos do Séc. III (a sua morte data entre 222 e 230 d.C.), cujos corpos haviam sido enterrados na Catacumba de São Calixto. O primeiro núcleo da igreja foi construído no Sec. IX, e só em 1599 o corpo mumificado da santa foi trazido para a basílica.

O baldaquim da basílica

O Cardeal Sfrondati, o mesmo que havia decidido trazer o corpo de Santa Cecilia para a Basílica, encarregou o escultor Stefano Maderno (1570-1636) de reproduzir em uma estátua de mármore, a posição em que o corpo foi encontrado após a exumação.

A escultura é uma obra-prima, principalmente em reproduzir as ondas do tecido do vestido da Santa. Mas também pela sua delicadeza.

Os afrescos medievais de Pietro Cavallini

A basílica possui uma vida eclesiástica muito viva. Ao lado há o reitorado e o mosteiro de monjas beneditinas e monjas franciscanas. No mosteiro das monjas franciscanas existe um claustro românico e os restauros que foram realizados em 1900, trouxeram à luz afrescos de Pietro Cavallini, que é o máximo expoente da pintura medieval. Os afrescos datam de 1293.

Crédito das fotos: site das Monjas Beneditinas. Não é permitido tirar fotos no local.

Para ver todas as fotos do afresco, visite a galeria de fotos do site das Monjas Beneditinas.

Todos os dias é possível visitar a cripta, o mosteiro, o claustro e os afrescos. Existe também uma super visita guiada, com guia italiana formada em História da Arte. Essa visita se dá no último sábado de cada mês, começa às 10h, e fica suspensa nos meses de Julho e Agosto (alta temporada). Vejas as informações na foto aqui abaixo.

basilica-santa-cecilia-trastevere-6


Os surpreendentes subterrâneos da basílica

Mas a visita pode ser ainda mais interessante e surpreendente ao visitar os ubterrâneos da basílica. Por que considero a visita assim tão surpreendente? Bom, hoje em dia quando a maioria de nós, turistas ou moradores, passa pelo Trastevere, o que nos salta aos olhos é a sua característica medieval. Sem falar também da vida boêmia do bairro.

Como já havia dito anteriormente, a basílica foi construída no local onde a santa havia morado junto com seu marido. O que a arqueologia trouxe à luz é que no local havia existido uma domus (que seria a “mansão” dos ricos na antiguidade) e que no séc II d.C., dos anos 98 a 138, época dos imperadores Trajano e Adriano, aqui nesse local foram construídas as insulae romane. As insulae seriam prédios de apartamento, no mesmo estilo dos condomínios que temos nos dias de hoje.

Portanto, as escavações trouxeram à luz um pouco de tudo… veja a seguir:

O resto de um chão em mosaico, que sobreviveu quase 2000 anos e chegou bem inteiro até os nossos dias.
Antigas ânforas, muito usadas para armazenar azeite.
Antigas epígrafes latinas em placas de mármore e até sarcófagos.

Existe uma parte do subterrâneo ricamente ormanentada.

Uma imagem da santa, a qual reevoca os antigos mosaicos bizantinos


Endereço: Piazza di Santa Cecilia 22. A visita aos subterrâneos da basílica custa 2 euros. Basta ir até a sacristia, pagar e descer.


Leia também:

Organize agora a sua viagem

Viaje tranquilo com um Seguro para Viagens na Europa

A Itália faz parte dos países europeus signatários do Tratado de Schengen que exigem um seguro para viagem com cobertura mínima de € 30.000. Contrate o seu com a Real Seguros, empresa parceira do blog. A cotação é totalmente gratuita e você pode comprar os produtos de várias seguradoras. Além de garantir o menor preço, o seu seguro pode ser parcelado em até 6 vezes sem juros no cartão de crédito. Descontos de 5% para pagamentos à vista com boleto bancário. Os seguros cobrem assistência médica e hospitalar, com possibilidade de atendimento no seu hotel, remarcação de voos, extravio de bagagens e até traslados em caso de falecimento no exterior. Não confie na sorte.

Compre seus ingressos agora e pule a file!

Filas em Roma? Nunca mais! Ingressos para o Coliseu, Museus Vaticanos, além do Roma Pass, o passe que une meios de transporte às atrações turísticas. A interface do site e o atendimento são em língua portuguesa.


Para mais ingressos, visite a página de ingressos do Roma Pra Você.

Similar Articles

One thought on “As igrejas e os subterrâneos do Trastevere: a Basílica de Santa Cecília

  1. Uma das coisas que mais gosto em Roma é de visitar as igrejas. Acabei de colocar a Basílica de Santa Cecilia na lista para conhecer 😉 Obrigada pela informação!

Deixe uma resposta

Top
Close