You are here
Home > Outros Destinos > Emilia Romagna > Viagem a Modena: Degustar o Vinagre Balsâmico Tradicional de Modena

Viagem a Modena: Degustar o Vinagre Balsâmico Tradicional de Modena

Durante minhas duas viagens mais recentes pela Emilia Romagna, mais especialmente durante a viagem a Modena, tive a chance de fazer duas visitas muito legais e voltar para casa com uma bagagem cultural sobre uma das primícias italianas: o Aceto Balsamico Tradizionale di Modena.

O primo rico e o primo pobre

E para começar a conversa: não se trata daquele vinagre balsâmico que a gente encontra por 2-3 euros no supermercado. Aqui estamos falando de um produto “bem de nicho” e a única coisa que diferencia um produto do outro é o nome TRADIZIONALE.

viagem-a-modena-4

Conto uma coisa para vocês: provar o verdadeiro vinagre é uma viagem sem retorno. Agora não consigo mais comprar aquele vinagre balsâmico mais barato, e há alguns bons/ótimos, mais comerciais, a partir de 10 euros.

vinagre-balsamico-de-modena
Essa garrafa na Acetaia Malpighi custa 12 euros e eu acho que o preço é ótimo. e são 250 ml. Ele não é tradicional, mas somente balsâmico, mas é um produto IGP (Identificação Geográfica Protegida), o que significa que é um “produto do território” e só pode ver produzido em Modena e em Reggio Emilia para ganhar esse título de proteção.

Mas vamos ao que interessa… a história do balsâmico tradicional.

Tudo começa muito muito muito antigamente, com os soldados romanos. Havia a necessidade de povoar as terras ao norte de Roma. Os legionários, agora na veste de campesãos, plantaram a uva simplesmente para produzir vinho. Não podemos esquecer que naquela época, o “suco da uva” era a única bebida servida à mesa além da água. E saibam que para muitos italianos esse ainda é o costume até hoje.

viagem-a-modena-2
Sala de degustação da Acetaia Malpighi: as barricas maiores contém o vinagre mais jovem, que as poucos é passado para aquelas menores. conforme os anos de envelhecimento.

Além do vinho era produzido vinagre, que na antiguidade era usado para temperar as verduras, mas também tinha um uso medicinal: desinfetante e digestivo. Usá-lo como digestivo também é um costume até hoje da população do interior da Emilia-Romagna, na área em que produzem o vinagre. Uma colherinha depois do almoço ajuda a digerir os alimentos.

Viram como as tradições milenares se mantém por aqui?

Em uma visita a Modena é possível conhecer uma “acetaia”, ou seja, uma fábrica de produção de vinagres onde também há degustação e venda do produto.

Nas minhas duas visitas, conheci dois lugares, muito diferentes entre si, mas ambos interessantíssimos: a Acetaia Comunale di Modena e a Acetaia Malpighi.

A visita à Acetaia Comunale di Modena

Bem no centro de Modena, na Piazza Grande, principal praça do centro histórico da cidade e patrimônio cultural da Unesco, encontra-se o Palazzo Comunale. Ele hospeda um museu de arte e no teto existe uma pequena exposição de produção de vinagre com degustação.

viagem-a-modena-7
A fachada do Palazzo Comunale, na Piazza Grande. Aos domingos ali se dá uma ótima feirinha de antiguidades.

Saibam que tradicionalmente o vinagre deve ficar depositado no teto das casas, porque ele precisa do calor para produzir fermentação. Por sua vez, o vinho fica na “cantina”, porque ele precisa de um ambiente frio para repousar. Nas grandes casas e fazendas de Modena, muita gente tem o telhado cheio de vinagre e o porão cantina cheio de vinho!

viagem-a-modena-3

A Acetaia Comunale di Modena organiza essa degustação guiada, que é uma verdadeira e iluminante aula sobre o produto. A senhora que nos guiou, além de fazer parte do Consórcio como “educadora” que vai às escolas, feiras e eventos representar o produto, também faz o seu próprio vinagre e nos contou que aprendeu tudo com o avô e com o pai, e em um determinado momento resolveu tomar as rédeas do negócio da família.

Foi muito interessante aprender a origem do produto desde a época romana, saber que a primeira “receita” de balsâmico foi publicada em 1066 e que ele virou uma espécie de “ouro” para a nobreza. Era chiquérrimo dar uma garrafinha de vinagre aos reis e imperadores que passavam por esse território.

viagem-a-modena-6

Depois da aula, fomos ao que interessa: degustar o produto. Gente! Dá simplesmente vontade de encher um copo e ir bebendo esse vinagre aos poucos!

Não viaje para a Itália sem um Seguro Viagem

Compare os preços e compre o seu na Real Seguros  parcelado em até 12 vezes no cartão de crédito. Page com boleto bancário e ganhe 5% de desconto.

A visita à Acetaia Malpighi

A visita à Acetaia Malpighi fazia parte de um dos lugares propostos pelo pacote Discover Ferrari and Pavarotti Land, que pude conhecer durante o Blogville, um evento que leva blogueiros do mundo todo para a Emilia-Romagna e Lombardia. Então, no mesmo dia que visitei a Ferrari em Maranello, a Casa-Museu Luciano Pavarotti e a fábrica de queijo parmigiano-reggiano, também fui degustar os vinagres.

Meu tour foi feito pela bela e simpática senhora Malpighi, que tem um entusiasmo e orgulho enorme por mostrar a atividade secular da sua família.

viagem-a-modena-9
Esses vinagres jovens, e que não são tradicionais, mas somente balsâmicos, custam a partir de 9-10 euros.

A visita foi um pouco menos didática do que a Acetaia Comunale, mas foi bem compensada por vários rounds de degustação. Menos didática, mas com tudo explicadinho, certo? Do ponto de vista da turista gulosa, acho que teria acampado ali para poder continuar provando vinagres e mais vinagres.

Algo bem interessante foi que eu não sabia (e na verdade nunca tinha visto!) vinagre balsâmico branco. E a partir desse vinagre branco, a Malpighi produz alguns aromatizados com várias frutas e especiarias: açafrão, menta, laranja, figo, baunilha.

Aprendi que cada um deles pode ser usado para temperar comidas diferentes: alguns são mais recomendados para saladas, outros para frutas e sorvetes, outros para carnes.

viagem-a-modena

Confesso despudoradamente que bebi várias colheres de balsâmico com açafrão e até trouxe uma garrafinha para casa. Não durou nem 10 dias… porque bebemos o vinagre! A consistência dele é semelhante a um xarope e o tempo de envelhecimento é mais breve.

Deixamos os balsâmicos de doze e vinte e cinco anos de envelhecimento para o final das degustações. Não preciso repetir que “dei prejuízo”, porque pedi para provar várias vezes!

Meu turn-on para comidas e descobertas gastronômicas

viagem-a-modena-10
Estão vendo aquelas barricas pequeninas, ali no canto direito? As famílias que produzem vinagre mantém a tradição que o nonno dá ao neto um pequeno barril, que é cuidado pelos pais ou avós da criança. Aos 18 anos a família dá de presente o barril para que o jovem cuide dele sozinho, e produza seu próprio vinagre. De acordo com o envelhecimento, essas barricas podem custar alguns milhares de euros.

Quem me segue no Instagram sabe que sempre coloco fotos de comida por lá. Acho que deve ter tanta foto de comida quanto fotos de Roma.

Acho que quem passar pela Emilia-Romagna não deve perder a chance de conhecer os “produtos da terra”, que são todos eles uma verdadeira jóia da gastronomia italiana, e levam o nome da Itália para o mundo todo.

A visita à Acetaia Comunale pode ser mais prática porque fica bem no centro de Modena, sendo facilmente alcançável de trem. Para chegar à Acetaia Malpighi é necessário estar de carro, ou comprar um dos pacotes oficiais que são vendidos na região. Esses pacotes funcionam com um ônibus hop on hop off, e a gente pode subir e descer onde quiser, visitar o que quiser.

viagem-a-modena-11

Do ponto de vista mais gastronômico, gostei mais da visita à Acetaia Malpighi porque dá para “beber mais vinagre”! Já do ponto de vista didático, a Acetaia Comunale chega a ser “comovente” por ensinar a importância e a história milenar de um vinagre.

Além desses dois lugares que visitei e posso recomendar, ao caminhar pelo centro de Modena vocês vão encontrar vários lugares (bares, enotecas, mercearias, etc.) que oferecem degustação de vinagres, vinhos e queijos parmesão (Parmigiano-Reggiano).

Outras opções interessantes são:

Acetaia Giusti, que produz viangre balsâmico desde 1605.

Consorteria Aceto Balsamico ou Museo del Balsamico Tradizionale di Spilamberto as degustações devems er reservadas antecipadamente

Repito que as Acetaie particulares (Giusti e Malpighi) possuem uma lojinha, portanto, o aspecto da visita é mais comercial, com a chance de degustar mais.

Informações úteis:

Acetaia Comunale del Palazzo Comunale di Modena

Visitas Guiadas:

Sextas-feiras às 15:30 e 16:30

Sábado e domingo: às 10:30, 11:30, 15:30 e 16:30

Preço: 2 euros, ou também está incluída no Passe Unesco para quem vai visitar as atrações do centro de Modena.

http://www.visitmodena.it/it/news/biglietto-unico

http://www.comune.modena.it/acetaia/orari-e-visite

Endereço e compra de bilhetes:

Ufficio Informazioni Turistiche

Piazza Grande, 14 – 41121 Modena

Telefono: 059/2032660 – Fax: 059/2032659

iatmo@comune.modena.it

 

Acetaia Malpighi

Taste & Tour: educational e visite guidate (Discover Ferrari &Pavarotti Land)
Via Vignolese, 1487 – 41126 Modena, Zona San Donnino
tel. +39 059 467725
tour@malpighistore.it

Site: http://www.acetaiamalpighi.it/taste-tour/

Para quem for com o tour Discover Ferrari & Pavarotti Land, o horário todos os dias das 11 às 17h.

Quem for sozinho, é aconselhável reservar a degustação antecipadamente.

 Vai visitar o Coliseu e os Museus Vaticanos/Capela Sistina?

Compre o fura-filas com a TicketBar. Venda fácil em Português.

 


Organize agora a sua viagem

Viaje tranquilo com um Seguro para Viagens na Europa
A Itália faz parte dos países europeus que exigem um seguro para viagem com cobertura mínima de € 30.000. Contrate o seu com a Seguros Promo. Cotação gratuita com comparação de preços entre várias seguradoras.

Procurando um hotel em Roma? Reserve agora com o Booking.com
 O Booking.com é a empresa selecionada como parceira para reservas de hotéis em Roma, em qualquer outra cidade da Itália e no resto do mundo. As vantagens do Booking.com? O site está em português e você pode ver a cotação em reais. Booking.com

 Comparador para viagens de trem na Itália
 Compre suas passagens de trem sem custo adicional com a Trainline. Com a Trainline é possível comparar passagens de trem das principais companhias ferroviárias na Itália e Europa, sem acréscimo de preço.

Similar Articles

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top