You are here
Home > Outros Destinos > Emilia Romagna > Bolonha do alto: a vista do campanário da Catedral de São Pedro

Bolonha do alto: a vista do campanário da Catedral de São Pedro

O primeiro _e talvez único_ pensamento que vem em mente para ter uma vista espetacular de Bolonha é subir os apertadíssimos e íngremes degraus da torre Asinelli. Mas existe uma vista ainda mais espetacular, porque mostra a cidade 360 graus: o campanário ou a torre dos sinos da Catedral Metropolitana de São Pedro, bem no centro da cidade.

Quem não gosta de ver uma cidade do alto? Com a vista panorâmica, temos a sensação de que cidade é nossa. Um verdadeiro sentimento de plenitude quando visitamos um lugar desconhecido.

bolonha-do-alto-3

E seja pela sua morfologia (como o pão de açúcar ou o morro do corcovado no Rio de Janeiro, ou ver o Victoria Harbour das colinas de Hong Kong) ou graças a atrações e pontos turísticos (como a Torre Eiffel, a London Eye ou a cúpula da Basílica de São Pedro, no Vaticano), muitas cidades no mundo nos oferecem essa chance de conhecê-las de um ponto de vista privilegiado.

Como mencionei anteriormente, em Bolonha a opção mais clássica, mais conhecida, mais famosa e, porque não, mais batida do ponto de vista turístico é subir os apertadíssimos degraus da torre medieval (degli) Asinelli.

bolonha-do-alto-2

Além de fôlego, é um passeio pouco aconselhado para quem sofre de vertigem. Um dos motivos pelos quais sempre a evitei.

Mas em todos esses anos sempre tive o desejo de ver Bolonha do alto. Afinal, Bolonha é uma das cidades que mais já visitei no mundo, graças (também) ao fato da família do meu marido ser de lá. É um amor que dura desde 1997, a primeira vez que pisei na cidade.

bolonha-do-alto-4

Foram necessários dezoito anos, para que, em junho de 2015, durante uma semana que passei na cidade a convite do Blogville, eu pudesse ver a cidade do alto. Foi tudo muito casual…

Um dia, passeando pelo Corso Indipendenza, uma das principais estradas comerciais de Bolonha, vi um cartaz na porta da Catedral Metropolitana de São Pedro: visita à torre dos sinos com vista panorâmica da cidade. A Catedral Metropolitana e a Torre dos Sinos são do séc. X.

Não viaje para a Itália sem um Seguro Viagem

Compare os preços e compre o seu na Real Seguros  parcelado em até 12 vezes no cartão de crédito. Page com boleto bancário e ganhe 5% de desconto.

bolonha-do-alto-6
E enquanto estávamos na torre, o nosso guia tocou os sinos para que escutássemos os sonhos do “toque bolonhês”, uma maneira de tocar os sinos que é típica daqui.

A torre dos sinos é a segunda torre mais alta da cidade, com 70 metros de altura, perdendo de somente 2 metros para a famosa torre Asinelli.

Dando uma olhada para a estrutura da igreja e já tendo visitado outras torres, me pareceu que dava para encarar a subida.

bolonha-do-alto-8

Era uma quinta-feira e me preparei para não fazer nada no sábado à tarde. E cinco minutos depois do horário inicial, lá estava eu, degraus a cima para ver Bolonha do alto.

A cidade é simplesmente linda e mágica. Foi divino poder ficar com essa recordação de uma cidade que conheço tão bem, e pela qual tenho um carinho enorme.

bolonha-do-alto-10

A experiência foi tão boa, que ao retornar a Bolonha em outubro de 2015 decidi refazer o passeio. Subi todos os degraus novamente e, junto com o guia da Catedral que nos conta a história dos sinos, da catedral e da Bolonha medieval, pude mais uma vez ficar com mais essa linda recordação de Bolonha.

Ver a noite cair na torre dos sinos…

Quando visitei a torre pela primeira vez, era verão e a abertura foi no fim da tarde/início da noite. Foi muito bucólico ver o calar da noite lá de cima, e o céu ir mudando de cor gradualmente. Uma experiência simples, única e indescritível! Clique nas imagens para vê-las em tamanho natural.

Catedral Metropolitana de São Pedro

Via Indipendenza 9, Bolonha.

A subida se dá geralmente nos sábados à tarde/noite. No verão costuma ser das 18 às 22h. No outuno/inverno já a partir das 14h porque escurece cedo.

Preço: 5 euros. A renda dos bilhetes ainda está sendo doada para recuperar lugares destruídos pelo terremoto devastador que ocorreu na Emilia Romagna em 2011.

A minha viagem pela Emilia Romagna foi realizada dentro do BlogVille, um blog tour cujo lema é“eat, feel and live like a local in Italy”. Da minha parte há plena transparência em contar as minhas experiências reais, além de completa liberdade editorial. Emilia Romagna rocks!


Veja a seguir serviços essenciais para a sua viagem


  • Seguro Viagem obrigatório para Itália e Europa em geral
A Itália faz parte dos países europeus que exigem seguro de viagem com apólice mínima de € 30.000. Faça o seu com a Real Seguros. FAÇA COTAÇÃO AGORA E GANHE 10% DE DESCONTO
  • Procurando hospedagem em hotel ou apartamento?
Reserve hotéis e apartamentos em qualquer cidade do mundo. Site em português e cotação em Reais. BUSCAR HOTEL
  • Ingressos Fura-Fila para o Coliseu
Se você não quiser perder preciosas horas da sua viagem em filas, reserve aqui o bilhete para o Coliseu, Fórum Romano e Palatino. COMPRAR INGRESSO COLISEU
  • Evite as filas quilométricas dos Museus do Vaticano
Quer evitar filas que dobram o quarteirão? Então a melhor coisa a fazer para ver a Capela Sistina, é comprar seu ingresso antecipado. COMPRAR INGRESSO VATICANO

Similar Articles

One thought on “Bolonha do alto: a vista do campanário da Catedral de São Pedro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top