Início Bairros e Áreas de Roma A Fontana del Tritone e Fontana delle Api: Fontes Famosas de Bernini

A Fontana del Tritone e Fontana delle Api: Fontes Famosas de Bernini

Publicado em:

A Fontana del Tritone é mais uma daquelas pequenas fontes que fazem a história de Roma, apesar de não ser majestosa e imponente como a Fontana di Trevi, a Fontana dell’Acqua Paola ou a Fontana dei Quattro Fiumi.

Quem a criou foi a genialidade e talento de Gian Lorenzo Bernini. Foi realizada a pedido de papa Urbano VIII Barberini, para decorar a Praça Barberini que ficava de frente para o Palácio Barberini.

Hoje em dia o Palácio abriga a Galleria d’Arte Antica Palazzo Barberini, um dos mais importantes museus de Roma, e também o Instituto Italiano de Numismática.

Leia também:

A obra foi encomendada com a “desculpa” de embelezar a cidade. Mas o que podemos perceber era que papa Urbano VIII queria embelezar a frente do palácio que pertencia à sua família.

Bernini a conclui em 1643, quanto estava com 45 anos, e essa foi uma das primeiras fontes que ele esculpiu.

Não perca seu precioso tempo em filas enormes!

Ingresso fura-filas para o Coliseu

Ingresso fura-filas para a Capela Sistina

A Fontana del Tritone ou Fonte do Tritão é considerada uma das suas obras-primas. Nela o Tritão, com busto de homem, braços fortes, abdômen esculpido (ou poderíamos dizer “abdômen tanquinho”, né?) e cauda de peixe, vira a cabeça para trás, bebendo (ou quem sabe soprando?) a água de uma concha.

E é dessa concha que sai a água da fonte. Na mitologia grega, Tritão era um dos filhos de Netuno.

Ele está ajoelhado em uma grande concha, apoiada em figuras marinhas e no meio delas encontra-se tanto o símbolo pontifício com a mitra papal e as chaves de São Pedro, quanto o símbolo da família Barberini: as abelhas.

 

Alguns metros mais para lá, bem na esquina da Praça Barberini com a Via Veneto, encontra-se outra pequena fonte “mais ou menos” de Bernini: a Fontana delle Api.

1644, ano seguinte à realização da Fonte do Tritão, papa Urbano VIII pediu que o célebre escultor projetasse uma fonte menor, cujo caráter não era decorativo, mas sim de utilidade pública: bebedouro para os cavalos e abastecimento da população.

Originariamente a Fonte das Abelhas ela estava na esquina da Via Sistina com a Praça Barberini, portanto, bem pertinho daquela do Tritão. Em 1865 ela foi retirada, desmontada e deixada em um depósito público, só voltando a ser remontada em 1915, agora na Via Veneto.

 

Mas nem todas as partes foram encontradas, a maioria estava destruída, então a versão atual é praticamente uma cópia. Infelizmente em 2005 a fonte sofreu um ato de vandalismo, e as abelhas, símbolo dos potentes Barberini, foram danificadas.

Como chegar:

Pegue a linha A do metrô e desça na Parada Barberini. A fonte dista aproximadamente 600m da Fontana di Trevi.

Mais dicas de Roma para a sua viagem:

Veja a seguir serviços essenciais para a sua viagem

  • Seguro Viagem obrigatório para Itália e Europa em geral
A Itália faz parte dos países europeus que exige seguro de viagem com apólice mínima de € 30.000. Faça o seu Real Seguros.
  • Procurando hospedagem em hotel ou apartamento?
Reserve hotéis e apartamentos em qualquer cidade do mundo. Site em português e cotação em reais.
  • Aluguel de carro 
Vai viajar pela Itália, de norte a sul ou pelas colinas da Toscana? A melhor opção de viagem é alugar um carro.  
Luciana Rodrigues
Guia brasileira em Roma e Vaticano. Moradora de Roma há mais de 21 anos. Idealizadora e produtora de conteúdo do Roma Pra Você, para quem quer organizar a sua viagem a Roma em plena autonomia. Seja bem-vindo(a) e prazer em conhecê-lo(a)!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dicas Mais Procuradas

- Advertisement -
error: