Você está aqui
Home > Outros Destinos > Emilia Romagna > No coração de Modena com o tour Discover Ferrari & Pavarotti Land

No coração de Modena com o tour Discover Ferrari & Pavarotti Land

Acho simplesmente fantástico quando uma viagem, no todo ou em parte, nos surpreende além daquilo que a gente espera das boas e inesquecíveis surpresas de uma viagem.

Desde que a maioria das pessoas começou a viajar de modo mais independente, e com ajuda da internet, aquele conceito de “viagem engessada” dos pacotes turísticos, tornou-se bem supérfluo: ter um guia, horário, um ônibus que leva para ali e acolá, parece uma realidade que faz parte do passado.

Mas eu estava bem equivocada: durante a semana que passei na Emilia-Romagna o tour “altamente organizado”, mas ao mesmo tempo “altamente flexível” chamado Discover Ferrari & Pavarotti Land, me levou ao coração de Modena, de maneira rápida, prática e confortável.

Como funciona o tour Discover Ferrari & Pavarotti Land?

A secretaria de turismo da região Emilia-Romagna lançou um pacote turístico que estará à venda do público em concomitância com a Expo 2015. Ou seja: você pode viajar com ele até 30 de outubro de 2015.

percorso-eng-2230

O tour em confortáveis ônibus e vans com sistema de viagem hop on hop off nos leva à descoberta do território de Modena. Existe a possibilidade de fazer um interessante roteiro cultural e/ou gastronômico, com a visita de museus, abadias e palácios, e muitos estabelecimentos comerciais onde são fabricados algumas das mais famosas iguarias italianas conhecidas mundo afora, como o Parmigiano-Reggiano, o vinagre balsâmico, o vinho lambrusco e alguns embutidos, como o presunto de Parma e a mortadela, produto típico da Emilia-Romagna.

Como foi o meu tour com o Discover Ferrari & Pavarotti Land?

Como eu estava hospedada em Bolonha, decidi sair de lá com o ônibus que pega os passageiros diariamente às 8h30. Uma ótima opção seria ir até a estação ferroviária de Modena e de lá pegar um dos ônibus ou vans que passam a cada hora ou ir diretamente para a Casa Museu Enzo Ferrari (que dista 650m e 10 minutos da estação). Também é possível pegar um dos ônibus na Estação de Reggio Emilia. Ele também só sai de manhã, assim como o de Bolonha.

viagem-a-modena_3

A possibilidade mais flexível em relação aos horários é ir até a estação de Modena.

Com o sistema hop on hop off de poder descer nos pontos que me interessavam, fiz uma lista onde marquei 2-3 coisas que eu queria muito ver, e outras que eu visitaria de acordo com o meu tempo ou disposição. O pacote turístico é de 2 dias, mas eu só o utilizei em 1 dia. Achei que mesmo assim valeu super a pena, não só pelos lugares que visitei, como pela comodidade de “se jogar” dentro de um ônibus e ser transportado.

Lugares que visitei

Museu Ferrari em Maranello

Minha primeira parada foi no Museu Ferrari, em Maranello. O ônibus que sai de Bolonha (linha cinza) leva diretamente até lá. Acho que foi a melhor decisão que tomei, sabem por quê? Consegui ver o museu antes que chegassem muitos outros turistas. Deu para ver os carros, fazer fotos com tranquilidade. Quando estava saindo de lá, já estava ficando bem cheinho e, os simuladores de corrida de fórmula 1 já estavam cheios.

viagem-a-modena_2

Depois de ter passado aproximadamente 1 hora lá dentro, vendo e babando com as Ferraris, e tendo conseguido me segurar para não torrar o meu cartão de crédito na lojinha da Ferrari, decidi visitar dois pontos da linha azul: a Casa Museo Luciano Pavarotti e o Caseificio Bio Hombre (onde fabricam queijo Parmigiano biológico), que fica junto do Panini Motor Museum.

Casa Museo Luciano Pavarotti

viagem-a-modena_11

Inicialmente essa etapa não estava no meu roteiro, mas quando retirei meu “passaporte Discover”, me foi informado que era uma visita bem legal. “Desengessei” meu roteirinho pessoal e fui. Posso dizer que foi bem legal conhecer a casa onde o grande tenor passou os seus últimos dias, mas também ver como uma grande celebridade vivia em um ambiente “simples” e totalmente no meio da natureza. Um lugar bucólico onde a gente escuta o canto dos passarinhos.

Caseificio Bio Hombre e Panini Motor Museum

Essa foi a visita mais surpreendente e eu nem tinha entendido bem que a fábrica de queijo Parmigiano ficava na mesma fazenda onde encontra-se o Panini Motor Museum. O Senhor Umberto Panini, um apaixonado por motores (carros, motos e até tratores antigos), montou o seu próprio museu com a sua coleção pessoal de várias marcas, além de uma coleção de Maseratis vintage comprada da FIAT (atual proprietária da marca Maserati).

viagem-a-modena_5

Mas como Mr. Panini parece ser uma pessoa cheia de idéias empresariais, a um certo ponto começou a produzir uma pequena quantidade de queijo parmigiano, que inicialmente era só para a família e para os amigos. Resultado: tomou gosto e atualmente o Caseificio Bio Hombre produz 12 formas de queijo por dia. A produção é pequena, biológica e altamente controlada.

Se vocês pudessem imaginar o perfuuuuume das formas de Parmiggiano. E com a visita tem uma pequena e simples degustação de pedacinhos de queijo. Uma delícia!

viagem-a-modena_6

Terminadas essas visitas, voltei ao ponto de partida, o Museu Ferrari, para dali embarcar novamente na linha vermelha e ir a dois lugares que eu queria muito conhecer: o MUSA – Museo della Salumeria Villani , um museu pequenino, super novo e tecnológico dedicado aos embutidos (uma fofura, além de ter provados alguns embutidos deliciosos!) e também conhecer uma acetaia histórica, a que eu escolhi, a Acetaia Malpighi, fabrica vinagre (aceto) balsâmico desde 1850.

MUSA – Museo della Samuleria Villani

Fiquei muito curiosa para saber como poderia ser um Museu dos Embutidos. A Villani é uma marca tradicional de família, com fábricas espalhadas pela Itália (prevalentemente na Emilia-Romagna e uma no Vêneto, para a produção de presunto San Daniele, o concorrente direto do presunto de Parma). Há alguns anos resolveram criar esse pequeno museu, que possui desde fotos de família em preto e branco com os patriarcas e seus funcionários, até os facões antigos para as várias fases de corte das carnes, a máquinas de fatiar presunto.

viagem-a-modena_8

Aqui também um perfume delicioso na sala que expõe várias coxas inteiras de presunto. Tive vontade de dar uma de Bonnie e Clide, e voltar para casa com uma coxa de presunto! (risos)

Acetaia Malpighi

Apesar de todas as anteriores visitas gastronômicas terem sido interessantes, essa teve um upgrade: foi uma das proprietárias que me levou para conhecer os barris de vinagre balsámico e para a degustação de vinagres aromatizados, vinagre balsâmico branco (nem sabia que existia!) e os vinagres envelhecidos de 25 anos.

viagem-a-modena_10

Muito interessante escutar a história do produto por quem vive a tradição de geração a geração: a empresa foi fundada em 1850.

Como perceberam, a minha visita teve um pouco de cultura, mas também bastante gastronomia, porque esse è meu interesse pessoal. Sou uma colina! Não é todo dia que a gente pode ir diretamente a um produtor de excelência e, além de saber a história da produção, ainda pode degustar os produtos in loco.

Todos os locais gastronômicos têm uma pequena degustação e um supermercadinho onde comprar o produto.

Retorno a Bolonha

Terminada a visita à Acetaia Malpighi, fiquei no ponto do ônibus e de lá voltei para Bolonha. Aproveitei que todos desceram em Modena (inclusive três viajantes brasileiros), e fui até Bolonha dormindo no conforto do ar condicionado.

Onde comprar e quanto custa o tour?

Ele pode ser comprado no site: http://www.ferraripavarottiland.it/eu-en/default.aspx

O passe de dois dias custa 60 euros. Se você quiser levar mais tempo, a partir do terceiro dia deve pagar 25 euros adicionais.

Jovens e/ou estudantes até 18 anos pagam 40 euros, crianças pagam 20 euros.

Nesse preço não está incluído custos de hospedagem (mas é possível reservar um hotel com custo adicional) e nem o transporte de trem para chegar até os pontos de partida em Bolonha, Modena e Reggio Emilia.

Para quem viaja com malas, é possível guardar as bagagens nos dois museus Ferrari.

 

A minha viagem pela Emilia-Romagna foi realizada dentro do BlogVille, um blog tour cujo lema é “eat, feel and live like a local in Italy”. Da minha parte há plena transparência em contar as minhas experiências reais, além de completa liberdade editorial. Emilia-Romagna rocks!


Veja a seguir serviços essenciais para a sua viagem


  • Seguro Viagem obrigatório para Itália e Europa em geral
A Itália faz parte dos países europeus que exigem seguro de viagem com apólice mínima de € 30.000. Faça o seu com a Real Seguros. FAÇA COTAÇÃO AGORA E GANHE 10% DE DESCONTO
  • Procurando hospedagem em hotel ou apartamento?
Reserve hotéis e apartamentos em qualquer cidade do mundo. Site em português e cotação em Reais. BUSCAR HOTEL
  • Ingressos Fura-Fila para o Coliseu
Se você não quiser perder preciosas horas da sua viagem em filas, reserve aqui o bilhete para o Coliseu, Fórum Romano e Palatino. COMPRAR INGRESSO COLISEU
  • Evite as filas quilométricas dos Museus do Vaticano
Quer evitar filas que dobram o quarteirão? Então a melhor coisa a fazer para ver a Capela Sistina, é comprar seu ingresso antecipado. COMPRAR INGRESSO VATICANO

Conteúdo Semelhante

3 thoughts on “No coração de Modena com o tour Discover Ferrari & Pavarotti Land

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top