Início Arte e Arquitetura As principais obras de Michelangelo em Roma, com mapa

As principais obras de Michelangelo em Roma, com mapa

Publicado em:

Durante uma viagem pela Itália, que tal conhecer todas as obras de Michelangelo em Roma?

Para quem curte um roteiro cultural, para quem é apaixonado pela História da Arte e pelos seus grandes personagens, há motivos de sobra para aproveitar uma viagem a Roma e mergulhar um pouco no que esse artista completo criou.

Uma das melhores notícias para visitar as obras de Michelangelo é que uma grande parte das parte das atrações gratuitas em Roma.

Leia também: 

Vejamos então a lista das principais obras de Michelangelo em Roma:

  • Cúpula da Basílica de São Pedro
  • Estátua da Pietà
  • Capela Sistina: Teto e Juízo Final
  • Capela Paulina:  Afrescos com Crucificação de São Pedro e a Conversão de São Paulo
  • Castelo Sant’Angelo: Capela de São Cosme e Damião
  • Fachada do Palácio Farnese
  • Estátua do Cristo
  • Praça do Campidoglio
  • Estátua do Moisés
  • Capela Sforza (Basílica de Santa Maria Maggiore)
  • Igreja de Santa Maria dos Anjos e Mártires
  • Claustro das Termas de Diocleciano
  • Porta Pia
  • Baluarte de Michelangelo (muralha dos Museus do Vaticano)

Não perca seu precioso tempo em filas enormes!

Ingresso fura-filas para o Coliseu

Ingresso fura-filas para a Capela Sistina

A seguir um roteiro sintético com mapa no final, para que você possa visitar todas as obras de Michelangelo em Roma:

Obras de Michelangelo na Basílica de São Pedro

Na Basílica Papal (ou Patriarcal) de São Pedro, no Vaticano, há dois trabalhos de Michelangelo que pertencem a duas fases da sua vida de artista: a escultura da Pietà (artista jovem) e a cúpula (artista maduro) e a escultura da Pietà (artista jovem).

A Pietà Vaticana

A Pietà é uma das mais famosas estátuas de Michelangelo. Ela ficou pronta em 1499, após dois anos de trabalho, quando o artista tinha somente 24 anos.

pieta_michelangelo_basilica_sao_pedro

A estátua da Pietà (pt.: Piedade) mede 174 cm de altura, 195 cm de largura e 69 cm de profundidade. Encontra-se exposta na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Logo que entrarem na igreja, a escultura de Michelangelo esculpida em mármore de Carrara (cidade na Toscana) encontra-se no lado direito, não muito longe da porta de entrada. Está protegida contra vandalismo por uma parede de cristal, inclusive a prova de balas.

Em 1972 um geólogo australiano, durante um raptus [dizia ser Jesus Cristo ressurreto] deu 15 marteladas na estátua, destruindo-a parcialmente.

Foram feitos trabalhos de restauração, usando inicialmente os fragmentos da própria estátua e também cola e outros materiais para conseguir dar-lhe novamente o seu aspecto original.

Horários:

De abril a setembro: 7.00 às 19.00
De outubro a março: 7.00 às 18.30

Entrada grátis.

Endereço: Basílica de São Pedro, Piazza San Pietro, Vaticano.

A majestosa cúpula da Basílica de São Pedro

Quando caminhamos em direção ao altar maior da igreja (decorado com o Baldaquim de Gian Lorenzo Bernini e de Francesco Borromini), nos deparamos com a majestosa cúpula.

Considerada uma das obras mais importantes de Michelangelo Buonarroti (aqui como arquiteto e mestre de obras responsável pela construção da Basílica de São Pedro), infelizmente só foi concluída após o falecimento do artista em 1564.

A majestosidade da cúpula vista por fora

A cúpula possui 42 metros de diâmetro e do chão da basílica até o seu ponto mais alto, a medida total é de 133 metros.

Horários:

De abril a setembro: 7.00 às 19.00
De outubro a março: 7.00 às 18.30

Entrada grátis.

Endereço: Basílica de São Pedro, Piazza San Pietro, Vaticano.

Capela Sistina: uma das obras de maior repercussão

Assim como trabalhou em dois períodos da sua vida na/para a Basílica de São Pedro, o mesmo aconteceu com os Museus do Vaticano.

A Capela Sistina não foi pintada toda de uma vez: o teto (ciclo bíblico da Gênesis, Profetas do Velho Testamento e Sibilas) foi o primeiro trabalho, que durou de 1508 a 1512.

A primeira pintura com o ciclo da Gênesis

Quem encomendou a pintura foi o Papa Júlio II, o mesmo papa que também pediu de Michelangelo projetasse e construísse o seu túmulo.

O Juízo Final é uma pintura do Michelangelo mais maduro e bem mais famoso do que o do teto da Capela Sistina. Ele trabalhou nesse enorme afresco de 1535 a 1541.

O maravilhoso azul do Juízo Final

Endereço: Museus do Vaticano, Viale Vaticano

Dias e Horários: de segunda a sábado das 9 às 18h; domingos fechado (com exceção do último domingo do mês, das 9 às 14h, com entrada gratuita).

Passeio Guiado na Capela Sistina: Contrate uma guia brasileira em Roma

Capela Paulina: última pintura de Michelangelo nas capelas vaticanas

A Capela Paulina fica quase ao lado da Capela Sistina e é dedicada aos Santos Pedro e Paulo. Na verdade, o seu nome é uma homenagem ao papa que a encomendou a Michelangelo, ou seja, Papa Paulo III.

Essa pintura de Michelangelo foi encomendada assim que ele tinha terminado de pintar o Juízo Final e a realização do trabalho foi muito lenta, uma vez que o artista já tinha mais de sessenta anos.

O artista pintou então dois afrescos laterais: A conversão de Saulo (1542-1545) e A crucificação de Pedro (1546-1550).

Todos os demais ciclos pitóricos foram completados por outros artistas, anos após a morte de Michelangelo.

Atualmente só é possível fazer uma visita virtual à Capela Paulina, por ela ser a capela de uso privato do papa. Clique aqui para a visita virtual no site dos Museus do Vaticano.

++ Leia Mais | Museus do Vaticano [Guia Completo]: o que ver, quanto custa, onde fica

Janela da Capela de São Cosme e Damião no Castelo Santo Angelo

Em 1514 o Papa Leão X pediu que Michelangelo realizasse uma janela em forma de edícola para a capela papal que fica dentro do Castelo Sant’Angelo, que na época, era fortaleza de refúgio dos papas.

castelo-sant-angelo-13

A capela é dedicada a São Cosme e São Damião. Leão X era filho do poderoso Lorenzo dei Medici e os santos eram considerados os padroeiros dessa poderosa família.

O portal foi esculpido no preciosíssimo mármore Carrara. Os esboços para esse projeto estão na Casa Buonarroti, em Florença, museu temático dedicado a Michelangelo.

Castelo Sant’Angelo

Endereço: Lungotevere Castello, 50 | Site

De segunda a quarta das 9h às 19:30h; de quinta a domingo das 9h à meia-noite

Preço: 15 euros

Palácio Farnese, atual sede da Embaixada da França

O Palais Farnese é um dos mais bonitos e deslumbrantes palácios de Roma.

O palácio pertencia aos Farnese, a poderosa família de proveniência do Papa Paulo III; e Michelangelo projetou:

  • Fachada do Prédio
  • Andar nobre
  • Pátio Interno

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A visitação ao público é aberta todas as segundas-feiras e deve ser reservado exclusivamente on-line no site: http://inventerrome.com/index.php/it/. Reserve com pelo menos 10-15 dias de antecedência.

Por motivos de segurança, é necessário informar o número de um documento de identificação, nesse caso o passaporte, para quem é turista.

Endereço: Piazza Farnese 67

Leia também:

Cristo na Igreja de Santa Maria Sopra Minerva

A estátua do Cristo Redentor está na Igreja de Santa Maria Sopra Minerva, ali bem pertinho do Pantheon.

cristo_porta_croce_michelangelo

Michelangelo trabalhou aproximadamente 2 anos na escultura do Cristo (1519-1521) e a enviou para Roma ainda inacabada. Foi Pietro Urbano quem deu os últimos retoques, e alguns o acusam de ter, na verdade, destruído a obra de Michelangelo.

Inicialmente a estátua do Cristo Redentor estava completamente nua. Em um segundo momento a igreja decidiu que uma estátua de Cristo nu era indecente, então foi feita uma faixa de bronze para cobrir a nudez.

Horários:

Todos os dias das 7:30 às 18:00

Entrada grátis.

Endereço: Piazza della Minerva 42

Piazza del Campidoglio (Praça do Capitólio)

Em 1534-1538 Michelangelo trabalhou para remodelar a praça, que nesta época, tinha acesso pelo Fórum Romano. Das laterais posteriores da praça é possível ter uma bela vista panorâmica do Fórum Romano e do Coliseu.

  • Projeto da Praça
  • Projeto do Palazzo dei Conservatori
  • Base da estátua de Marco Aurélio (a estátua que está na Praça é uma cópia. A verdadeira está dentro dos Museus Capitolinos)
Foto: Shutterstock

Uma das maiores mudanças que Michelangelo fez foi projetar a Cordonata, o nome da escada através da qual temos acesso à praça. Antes existia ali uma rampa de terra!

Michelangelo morreu antes que a praça fosse concluída. Viu pronta somente a Cordonata e o posicionamento das estátuas do Nilo e do Tevere. Além disso, também foi sua ideia colocar aqui a estátua de Marco Aurélio, que naquela época ficava na praça em frente à Basílica Papal de São João em Latrão.

Endereço: Piazza del Campidoglio

O Moisés, na Basílica de San Pietro in Vincoli

Essa magnífica estátua não teria existido se um Papa não tivesse decidido encomendar a Michelangelo uma decoração para o seu túmulo! Foi assim que o Moisés nasceu! Ele encontra-se na Basílica de San Pietro in Vincoli, bem pertinho do Coliseu.

O projeto do túmulo começou antes de 1508 (sem sair do papel). Mas a um certo ponto o Papa decidiu dedicar-se à construção da nova Basílica de São Pedro (Vaticano), deixando totalmente de lado a encomenda que havia sido feito a Michelangelo, que sentiu-se ofendido e desprestigiado.

Depois de muita briga e ressentimento, Michelangelo fez as pazes com Júlio II. A paz foi selada com a encomenda da Gênesis, ou seja, os afrescos do teto da Capela Sistina.

O projeto do túmulo foi retomado em 1513, quando o Papa já tinha morrido e somente em 1545 é que a estátua foi colocada na Basílica. Na verdade, o túmulo deveria ter cerca de 40 estátuas e Michelangelo esculpèiu somente o Moisés.

A lenda diz que Michelangelo ficou tão impressionado e admirado com a beleza e perfeição da sua obra, que bateu com o martelo no joelho do Moisés e disse: “Fala, Moisés!”. Para Michelangelo o seu Moisés não parecia uma estátua, mas um ser humano vivo!

Horários:

De abril a setembro: 8.00-12.30 e 15.00-19.00
De outubro a março: 8.00-12.30 e 15.00-18.00

Entrada grátis.

Endereço: Piazza di San Pietro in Vincoli 4/A.

Capela Sforza da Basílica de Santa Maria Maggiore

Michelangelo projetou essa capela nos seus últimos anos de vida, quando já tinha 87 anos. A construção em si foi levada adiante por outro arquiteto. Muitos consideram então essa capela a última grande obra projetual do grande artista.

A capela fica localizada no lado esquerdo da Basílica (mais propriamente é a segunda capela da nave esquerda) e é dedicada à Ascensão de Maria, tema do retábulo.

Nela estão os túmulos dos cardeais Guido Ascanio Sforza e do seu irmão Alessandro Sforza. Os Sforza foram uma poderosíssima família nobre italiana, que governou o Ducado de Milão nos séculos 14 e 15.

Graças a alianças matrimonias, várias gerações de herdeiros casaram com outras famílias nobres igualmente importantes e/ou fizeram parte do alto clero, como o caso desses dois irmãos que estão enterrados na capela.

Horário: das 7:30 às 19h.

Entrada grátis.

Endereço: Piazza di Santa Maria Maggiore

Basílica de Santa Maria degli Angeli e dei Martiri

Bem de frente para uma das principais praças de Roma, a Piazza della Repubblica, encontra-se essa basílica que foi construída dentro dos restos das Termas de Diocleciano. Ela é a igreja onde celebram-se as cerimônias oficiais do Estado Italiano.

A fachada original meio destruída e com os tijolos à vista não é casual: essas eram s paredes das Termas de Diocleciano.

Durante o Papado de Pio IV, Michelangelo foi convocado a transformar as ruínas das termas em uma igreja.

A grande genialidade de Michelangelo foi não destruir a estrutura já existente. Isso fez com que a basílica possua uma forma diferente das demais igrejas. Ele é mais larga para os lados, formando uma espécie de cruz.

Não se deixem enganar pela fachada simples. O interno da igreja é simplesmente divino.

No século 18 a igreja passou por outras reformas arquitetônicas pelas mãos do arquiteto Luigi Vanvitelli.

Horário: das 7:30 às 19h.

Entrada grátis.

Endereço: Piazza della Repubblica

Claustro das Termas de Diocleciano (La Certosa di Michelangelo)

Michelangelo projetou o claustro dos monges certosinos, que hoje fica no pátio do museu das Termas de Diocleciano, mas muito provavelmente, só acompanhou a preparação inicial para as obras, já que ele faleceu em 1564.

As fontes dão por certo que essa parte da reconstrução das Termas de Diocleciano engrenou mesmo a partir de 1565.

certosa_michelangelo_roma_turismoemroma

O Claustro de Michelangelo é um dos maiores da Itália, com seus 10.000 metros quadrados de superfície. No local encontram-se expostos sarcófagos, estátuas e altares de época imperial. A época imperial começa em 27 a.C. com a subida de Augusto ao poder.

Horário: terça a domingo, das 9 às 19:30h.

Endereço: Viale Enrico De Nicola, 79 | Site

Preço: 10 euros

Porta Pia

Além da Basílica de Santa Maria dos Anjos e dos Mártires, Papa Pio IV também encomendou um grande portal que se chama Porta Pia. O portal substituiu a Porta Nomentana, que ficava nas antigas muralhas aurelianas.

Roma_Porta_Pia_michelangelo
Crédito da Foto: Wikimedia Commons

Endereço: Via XX Settembre

Baluarte das Muralhas do Vaticano

Michelangelo também teve tempo de projetar um dos baluartes de defesa da muralha dos palácios pontifícios, hoje Museus do Vaticano, o baluarte de Michelangelo.

Quando foi derrubada parte da antiga muralha que descia paralelamente em direção ao Rio Tibre, foi necessário construir um novo baluarte. A obra é de 1534.

Não por acaso, o pedacinho de rua coladinho nessa parte das muralha se chama Via del Bastione di Michelangelo.

Considerem que essa época é imediatamente anterior aos anos em que o grande gênio trabalhava no afresco do Juízo Final.

Leituras sobre Michelangelo:

Uma seleção de livros sobre Michelangelo, disponíveis no site da Amazon.

Mapa com todas as obras de Michelangelo em Roma

E aqui no mapa vocês encontra todas as obras marcadinhas:

Mais dicas para a sua viagem a Roma:

Veja a seguir serviços essenciais para a sua viagem

  • Seguro Viagem obrigatório para Itália e Europa em geral
A Itália faz parte dos países europeus que exige seguro de viagem com apólice mínima de € 30.000. Faça o seu Real Seguros.
  • Procurando hospedagem em hotel ou apartamento?
Reserve hotéis e apartamentos em qualquer cidade do mundo. Site em português e cotação em reais.
  • Aluguel de carro 
Vai viajar pela Itália, de norte a sul ou pelas colinas da Toscana? A melhor opção de viagem é alugar um carro.  
Luciana Rodrigues
Guia brasileira em Roma e Vaticano. Moradora de Roma há mais de 21 anos. Idealizadora e produtora de conteúdo do Roma Pra Você, para quem quer organizar a sua viagem a Roma em plena autonomia. Seja bem-vindo(a) e prazer em conhecê-lo(a)!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dicas Mais Procuradas

- Advertisement -