Início Uncategorized Curiosidades de Roma: Fatos Interessantes e Inéditos da Cidade Eterna

Curiosidades de Roma: Fatos Interessantes e Inéditos da Cidade Eterna

Publicado em:

Com mais de dois milênios de história, Roma foi testemunha de momentos marcantes do mundo ocidental.

Tendo a sua organização política começado oito séculos antes de Cristo, a cidade que não por acaso é conhecida como Cidade Eterna, passou por praticamente todas as fases e etapas importantes para o desenvolvimento do mundo ocidental.

Para nós, brasileiros, imaginem pensar que quando o Brasil foi descoberto, Roma já tinha mais de 1700 anos.

Leia mais:

Graças a sua natureza antiga, as curiosidades de Roma são muitas e interessantes, em todos os seus aspectos: na arte, na política, nos monumentos antigos.

Portanto, leia a seguir a seleção de alguns fatos curiosos sobre Roma:

Não perca seu precioso tempo em filas enormes!

Ingresso fura-filas para o Coliseu

Ingresso fura-filas para a Capela Sistina

visita ao subterráneo do Coliseu

Roma é uma das cidades mais antigas da Europa

Roma está entre as cidades mais antigas do Europa. Ela foi oficialmente fundada no oitavo século antes de Cristo, com um ano que foi decidido pelos historiadores antigos, sobretudo por Varrone.

Portanto, o seu aniversário é dia 21 de abril e o ano de fundação é 753 a.C.

Algo de muito interessante e curioso é que, mesmo antes de Roma existir oficialmente, como uma cidade fundada, com um rei e com umaorganização política, já existiam vilarejos e alguma organização sócio-política no território que hoje é a região Lácio, pelo menos 15 séculos antes de Cristo.

curiosidades de roma

Roma é três vezes capital

Roma foi escolhida capital da Itália após a unificação do país sob forma de uma monarquia, no ano de 1871.

Antes dela, as capitais da Itália tinham sido Turim (1861-1864) e Florença (1864 a 1871).

Das muitas curiosidades de Roma, está que além de ser capital da Itália, a cidade também é a capital da região Lácio. À diferença do Brasil, que é dividido em Estados, a Itália é dividida em regiões e cada uma delas tem a sua capital.

Além disso, Roma ainda é capital provincial. A Região Lácio é dividida em cinco províncias: Roma, Latina, Rieti, Viterbo e Frosinone. Todas as cidades provinciais foram escolhidas como as capitais da província, o que não seria obrigatório, mas prático do ponto de vista administrativo.

Portanto, desde 2015 Roma é denominada cidade metropolitana, porque é a cidade que representa a província.

curiosidades de roma

Roma é a cidade mais populosa da Itália

As três cidades mais populosas da Itália são respectivamente: Roma, Milão e Nápoles.

Roma tem cerca de 2,8 milhões de habitantes oficialmente residentes, mas calculando as cidades metropolitanas que fazem parte da província de Roma, chega-se a cerca de 4,5 milhões de habitantes.

Considerem que Milão tem 1,4 milhões de habitantes e Nápoles cerca de 960 mil habitantes.

escadaria espanhola roma

Famosa curiosidade de Roma: o maior número de igrejas católicas no mundo

Talvez uma das mais famosas curiosidades de Roma, que a gente acha em todos os guias turísticos, sites, textos sobre fatos curiosos de Roma, etc, é o fato que na cidade existam mais de 900 igrejas.

Pensem bem… quando eu vim morar em Roma, em 1999, já se falava do fato que Roma é a cidade das 900 igrejas.

Dessas 900, cerca de um terço são consideradas igrejas históricas e que fazem parte do fundo histórico dos edifícios de culto.

São igrejas com importância religiosa, mas também artística, arquitetônica e histórica, como as basílicas papais e tantas outras igrejas que contaram com artistas de renome quais Michelangelo, Rafael, Bernini, Borromini, entre outros.

SPQR: um símbolo que dura milênios

Quando vocês caminharem por Roma verão em muitos lugares a sigla SPQR (Senatus Populusque Romanus), o Senado e o Povo Romano.

Essa sigla era usada para representar todos os bens publicos do Estado, inclusive as obras monumentais realizadas em nome do senado e do povo de roma.

Em muitos monumentos antigos ainda de pé em roma nos dias atuais é possivel encontrar essa sigla.

Por tradição, ela continuou sendo usada em Roma e foi novamente adotada na idade moderna. Em todos os documentos oficiais (certidões de nascimento, casamento, etc.), nos monumentos modernos, nos bens públicos, encontramos a sigla criada há mais de 2.000 anos.

Dentro de Roma está o menor estado do mundo: o Vaticano

O Vaticano é o menor estado do mundo. Ele tem quilômetro quadrado de superfície e seu número de habitantes supera pouco mais de 900 pessoas.

O território que é sede da igreja católica e também residência oficial do papa está construído em Roma.

Foi a partir de 1929 com a assinatura do Pacto de Latrão que o Vaticano tornou-se uma nação independente.

Apesar de ser uma nação independente, o Vaticano não tem representação diplomática na ONU, pelo fato de que ele é um estado governado por um sistema religioso e não político.

O Vaticano tem como língua oficial o latim, apesar de a língua corrente utilizada no dia a dia ser o italiano. Além disso possui o seu próprio correio, jornal, estação de rádio, uma prefeitura, um exército (a guarda suíça) e até mesmo uma estação ferroviária com um trem de uso exclusivo do Papa.

curiosidades de roma

Roma tem 2 santos padroeiros: São Pedro e São Paulo

Todos os anos, no dia 29 de junho, há uma importante recorrência religiosa em Roma: a festa dos santos padroeiros, São Pedro e São Paulo.

Aliás, até 1977, essa data era feriado nacional, uma vez que, além de outras cidades da Itália os terem como santos padroeiros, sendo a Itália um país declaradamente católico, se festejava a data daqueles que são considerados os santos que fundaram o Cristianismo na Europa.

Segundo a tradição, São Pedro morreu crucificado em Roma, de cabeça para baixo, durante as perseguições do Imperador Nero. O fato teria ocorrido entre 64 e 67 d.C. São Paulo morreu no mesmo período, mas sendo um cidadão romano, teve direito a uma morte mais rápida e “menos sofrida”: a decapitação.

As basílicas papais de São Pedro e de São Paulo Extramuros estão localizadas nos lugares onde os santos teriam sido enterrados ou exumados.

estátua de são pedro vaticano

Tratados de Roma: a criação da União Europea

Em 25 de Março de 1957 foram assinados os Tratados de Roma, na imponente Sala dei Conservatori dos Museus Capitolinos.

Esses acordos são considerados como o nascimento da União Europeia. O primeiro tratado institui uma Comunidade Economica Europea (CEE), o segundo tratado, se chamava Euratom, e servia para coordenar o uso pacífico da energia nuclear e para que os países compartilhasssem as suas descobertas e co-financiassem a energia nuclear.

Inicialmente os países que assinaram os Tratados foram: Itália, França, Alemanha, Holanda, Bélgica e Luxemburgo.

Em 2017 foram festejados os 60 anos do Tratado, com uma nova cerimônia na Sala dei Conservatori, reunindo 27 países membros da União Europeia, que na época ainda contava com o Reino Unido como membro da UE.

Obeliscos egípcios e uma pirâmide

Roma é a cidade do mundo com o maior número de obeliscos egípcios verdadeiros.

No primeiro século a.C. começou uma lenta mas irrefreável dominação do Egito por parte do Império Romano e, a verdade é que de uma certa maneira Roma dominou com a força, mas foi dominada pela cultura e tradições milenares egípcias.

Existem nove obeliscos em Roma que foram trazidos para cá, em várias épocas, por diferentes imperadores romanos. Isso faz com que Roma seja a única cidade do mundo, fofa do Egito, com um grande número de obeliscos antigos. Além desses nove, há outros obeliscos de Roma “quase egípcios”, porque na verdade são réplicas.

A Piramide Cestia ou Piramide de Caio Cestio foi construída entre 18 e 12 a.C. por Caio Cestio Epulone, para ser seu jazigo perpétuo, assim como faziam os egípcios.

Construída com a fachada externa de puro mármore de Carrara, a pirâmide Cestia mede 36 metros e meio de altura e o jazigo no seu interior é bem pequeno, com as paredes decoradas por afrescos. Nunca foi encontrado um sarcófago ou túmulo, o que leva a pensar que Caio Cestio foi cremado e no local foram depositadas apenas as suas cinzas.

Milhares de euros nas moedas jogadas na Fontana di Trevi

A fonte mais famosa e monumental de Roma, a dizer, a Fontana di Trevi aguça o lado supersticioso dos turistas que visitam Roma. E a superstição é ligada por lançar uma moedinhas nas suas águas cristalinas.

Se vocês não conhecem esse “talismã da sorte”, ao visitarem pessoalmente o local, verão várias pessoas virarem de costas para a fonte e lançarem uma ou mais moedas na água.

Segundo a tradição, o ritual garantirá sempre o retorno à Cidade Eterna, ou também um grande amor para quem está em busca de encontrar a sua metade da laranja.

Obviamente há quem vá muito além de faça todo o tipo de pedido. Moedinhas vai, moedinha vem, estima-se que ao ano sejam recolhidos pelo menos 1,5 milhões de euros em moedas. As quais são doadas para obras de caridade do Vaticano.

moedinha na fontana di trevi

La Sapienza: a décima segunda universidade mais antiga do mundo

Dos muitos recores e primatos de Roma está o fato que na cidade está uma das mais antigas universidades do mundo, cuja atividade acadêmica nunca foi interrompida desde a inauguração.

A Università di Roma La Sapienza foi fundada em 1303. Além de ser uma das mais antigas do mundo, ela sobe um pouco no primato italiano: foi a sexta universidade a ser fundada na Itália.

A mais antiga universidade da Itália e do mundo ainda em funcionamento é a Universidade de Bolonha (1088), depois vieram as de Pádua (1222), Federico II de Nápoles (1224), Siena (1240) e Macerata (1290).

Muitos personagens importantes, pesquisadores, cientistas, etc. estudaram na Universidade La Sapienza. E, modestamente, a autora desse blog também se formou lá!

universidade de roma

Curiosidade inusitada de Roma: um canhão que dispara ao meio-dia

Ao longo dos séculos e antes da invenção do relógio, continuaram as tentativas de marcar a hora exata.

Por muito tempo eram as igrejas a indicarem pelo menos a manhã, o meio-dia, a tarde e a noite com o badalar dos sinos. Era também o convite para que os fiéis participassem pelo menos das missas matutinas e vespertinas.

Em 1847, o Papa Pio IX decidiu que todos os dias, um canhão disparia ao meio-dia, e depois do disparo do canhão as igrejas começariam a tocar os sinos. Pelo menos era possível saber quando era meio-dia!

No início do séc. 19, o canhão disparava do terraço do Castelo Sant’Angelo. A partir de 1904 ele foi transferido para o Gianicolo, uma das colinas mais lindamente panorâmicas de Roma.

Após a tradição ter sido suspensa durante as guerras mundiais, desde 1959 o canhão dispara pontual e diariamente ao meio-dia.

O disparo é executado pelos militares do exército italiano, bem na direção da estátua equestre de Giuseppe Garibaldi.

Mais dicas de viagem, história e cultura

Veja a seguir serviços essenciais para a sua viagem

  • Seguro Viagem obrigatório para Itália e Europa em geral
A Itália faz parte dos países europeus que exige seguro de viagem com apólice mínima de € 30.000. Faça o seu Real Seguros.
  • Procurando hospedagem em hotel ou apartamento?
Reserve hotéis e apartamentos em qualquer cidade do mundo. Site em português e cotação em reais.
  • Aluguel de carro 
Vai viajar pela Itália, de norte a sul ou pelas colinas da Toscana? A melhor opção de viagem é alugar um carro.  
Luciana Rodrigues
Guia brasileira em Roma e Vaticano. Moradora de Roma há mais de 21 anos. Idealizadora e produtora de conteúdo do Roma Pra Você, para quem quer organizar a sua viagem a Roma em plena autonomia. Seja bem-vindo(a) e prazer em conhecê-lo(a)!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dicas Mais Procuradas

- Advertisement -
error: