Início Transporte Como usar o metrô de Roma

Como usar o metrô de Roma

Publicado em:

O metrô de Roma, o qual conta com 3 linhas, é um modo rápido e eficaz para chegar em algumas das principais atrações de Roma, como o Coliseu, a Basílica de São Pedro e a Capela Sistina. 

O metrô de Roma é um dos assuntos mais controversos da capital da Itália. Todas as vezes que se fala em construir uma nova linha, ou aumentar as que já existem, além dos problemas políticos e econômicos existe um outro problema grande e real:

Perfurar o subsolo romano, principalmente nos arredores do centro histórico, comporta destruir inteiras e enormes ruínasáreas arqueológicas. 

Leia Mais:

Se um dia tiverem a oportunidade de visitar o Museu Centrale Montemartini ou os conhecer os Museus Capitolinos, poderão ver inteiros mosaicos antigos (3 séc. a.C.) que foram retirados das vilas romanas antigas durante a construção do metrô B. São simplesmente lindos!

Então, essa é a razão pela qual a malha do metrô de Roma é de certo modo restrita: a dificuldade das escavações. 

Não perca seu precioso tempo em filas enormes!

Ingresso fura-filas para o Coliseu

Ingresso fura-filas para a Capela Sistina

Principais informações sobre o metrô de Roma:

Das três linhas atualmente existentes, principalmente as linhas A e B são as mais úteis do ponto de vista turístico.

Linha A (Laranja): Anagnina-Batistini

A linha A cruza com a linha B em Termini, e é aquela que leva ao Vaticano.

O metrô funciona todos os dias da semana, das 5h30 às 23h30 de domingo a quinta-feira e das 5h30 às 1h30 nas noites de sexta-feira e sábado.

Nas noites de sexta e sábado o serviço funciona normalmente até 1h30 da madrugada.

Linha B (Azul): Jonio-Laurentina

A linha B cruza com a linha A em Termini, e é aquela que leva ao Coliseu.

O metrô funciona todos os dias da semana, das 5h30 às 23h30 de domingo a quinta-feira e das 5h30 às 1h30 nas noites de sexta-feira e sábado.

Linha C (Verde): Lodi-Pantano

A linha parcialmente inaugurada funciona todos os dias no horário das 5h30 às 23h30. NOTA BENE: Por enquanto A linha C não tem serviço até 1h30 nas noites de sábado e domingo.

Atualmente ela serve mais à população local, mas (se e) quando ficar pronta, vai cruzar com a linha B e chegar até a Piazza Veneza e, quem sabe, também ao Vaticano. Quem viver, verá!

Mapa atual do metrô de Roma. A linha C (verde) ainda vai se expandir mais.

Comprar o bilhete do metrô de Roma nas máquinas automáticas

Os bilhetes do metrô de Roma podem ser comprados nas máquinas automáticas e bancas de jornais ou tabacarias. A seguir o passo a passo para comprar nas máquinas automáticas.

O bilhete custa 1,50 e dura 100 minutos. Cada bilhete integrado pode ser usado nos ônibus, metrôs e trens locais/regionais durante esse tempo, mas dá direito a um único acesso ao metrô. Se você sair da estação, terá que carimbar outro bilhete.

Se comprar os passes diários, semanais, mensais ou Roma Pass, as viagens são ilimitadas.

Passo 1: Selecionar o tipo de bilhete

bilhete-metro-de-roma_5

100 minuti BIT: bilhete válido por 100 minutos e pode ser usado durante esse tempo para viagens também em ônibus e trem. Só vale para uma única entrada no metrô.

24, 48 e 72 ore: bilhetes válidos por 24, 48 e 72h a partir do momento em que são carimbados.

Settimanale CIS: bilhete semanal. Vale 1 semana a partir do momento do carimbo e não a partir do primeiro dia da semana.

Passo 2: Escolher quantos bilhetes quer comprar

Use as setas à direita e à esquerda para aumentar ou diminuir o número de bilhetes. A máquina só vende 5 bilhetes para cada operação.

2015-07-28 21.34.19

Passo 3: Inserir o dinheiro nas máquinas

Pagar com moedas: essas máquinas possuem uma maneira “estranha” de enfiar as moedas. Você apoia a moeda e tem que “subir a lingueta”. Se tiver com muitas moedas, terá que repetir essa operação “chata” várias vezes.

Veja a sequência para inserir as moedas:

bilhete-metro-de-roma_3
Esse é o lugar onde inserir as moedas! Depois é necessário colocar a moeda “deitada” e levantar a alavanca. Olhem meu dedo polegar!
bilhete-metro-de-roma_4
Empurrem a moeda até que ela desapareça, depois passe à próxima… uma de cada vez!

Pagar com notas: saiba que a máquina só dá no máximo 6 euros de troco.

Se você colocar uma nota de 20 euros para comprar 1 bilhete, a máquina vai “cuspir” sua nota de volta (essa é a minha experiência!!!)

Passo 4: Aguardar a impressão dos bilhetes e o troco

bilhete-metro-de-roma_8

Primeiro a máquina imprime os bilhetes, depois libera o troco que é sempre em moedas!

bilhete-metro-de-roma_2

Pegue os bilhetes e o troco.

Apesar das máquinas terem uma opção para compra de bilhetes com cartão, essa opção não funciona. Os bilhetes devem ser comprados em dinheiro mesmo!

Para pagar com cartão é necessário dirigir-se às catracas e apoiar o cartão de crédito no leitor contactless.

Algumas estações que possuem bilheterias com funcionários: Anagnina, Lepanto, Ottaviano, Battistini, Laurentina, Eur Fermi, Termini, Ponte Mammolo, Conca d’Oro.

Comprar o bilhete do metrô de Roma com cartão de crédito

Também existe a possibilidade de comprar os bilhetes de modo automático, apoiando o cartão de crédito à catraca do metrô.

Para isso é necessário que o cartão de crédito seja do tipo contactless (ou seja, cartões que para pequenas quantias não é necessário digitar senha, mas é autorizado o débito automático).

As catracas com o leitor para cartão de crédito

Outra alternativa é utilizar um cartão digital habilitado no smartphone como Apple Pay e Google Pay.

Após passar o cartão, abre/desbloqueia automaticamente a catraca e é possível ter acesso ao metrô.

Caso a estação de saída também tenha catraca automática (por hora são raras), é necessário passar novamente o mesmo cartão com o qual foi feito o pagamento do bilhete.

Atrações próximas à linha A do metrô

Vai se locomover por Roma? Saiba quais atrações se encontram perto da linha A do metrô.

Cipro

Ottaviano

Lepanto

Flaminio

Spagna

Barberini

Termini

A Estação Termini é a maior estação da Itália e o fluxo de pessoas que passa por lá é enorme.

  • Basílica Papal de Santa Maria Maior
  • Termas de Diocleciano (Museu Nazionale Romano) com um claustro construído por Michelangelo (La Certosa di Michelangelo)
  • Museu Palazzo Massimo alle Terme, um dos mais importantes museus romanos, que expõe afrescos des-lum-bran-tes de antigas vilas romanas, inclusive aquelas que foram abatidas para a construção do metrô B!
  • Teatro dell’Opera

Algumas informações sobre a Estação Termini:

  • Nela cruzam as linhas A (que leva até o Vaticano) e B do metrô;
  • Dela saem os trens para o aeroporto de Fiumicino e Ciampino. Atenção: para ir a Ciampino (15 minutos de trem) é necessário pegar um ônibus para completar o percurso até o aeroporto. Passam a cada 30 minutos;
  • Também saem ônibus que levam até o aeroporto de Fiumicino e Ciampino, com preços entre 5 e 7 euros;
  • Ademais, da estação partem trens para a Itália inteira, mas, principalmente: Florença, Bolonha, Nápoles, Veneza, Milão, Turim, Bari, além de trens noturnos para a França e Suiça, por exemplo;
  • Na praça em frente à estação há um terminal com pelo menos 25 linhas de ônibus que nos levam a todos os cantos de Roma. Os ônibus funcionam 24 horas por dia, mas da meia-noite às 6 da manhã podem passar a cada 40-60 minutos;
  • Ponto de táxi 24 horas por diaNota: Depois das 23h o local é meio feinho porque moradores de rua dormem do lado de fora da estação. Mas não é perigoso, e tem muito movimento de passageiros! Obviamente, tome suas precauções, como tomaria em qualquer lugar do mundo.

Shopping Center: Há um shopping center na estação com marcas como Sephora, Nike, Benetton e duas lanchonetes Mc Donald’s

Manzoni

  • Museo Storico della Liberazione, um museu que conta a ocupação nazista em Roma e a liberação da cidade graças às forças aliadas.

San Giovanni

Colli Albani

  • Daqui é possível pegar o ônibus 660 para alcançar o Parque da Via Appia Antica.

Subaugusta

Passeio Guiado na Capela Sistina. Contrate uma guia brasileira em Roma.

Atrações próximas à linha B do metrô

A seguir o elenco de todas as estações que deixam perto das atrações, inclusive o Coliseu e o Circo Máximo

EUR Fermi e EUR Palasport

San Paolo

Piramide

Circo Massimo

Colosseo

Cavour

  • O charmosérrimo Bairro Monti
  • Basílica de San Pietro in Vincoli (onde está exposto o Moisés, de Michelangelo) — para chegar até lá, você pode descer tanto na estação Coliseu, quanto na Estação Cavour
  • Palazzo delle Esposizioni fica a aproximadamente 15 minutos a pé

Termini

A Estação Termini é a maior estação da Itália e o fluxo de pessoas que passa por lá é enorme.

  • Basílica Papal de Santa Maria Maior
  • Termas de Diocleciano (Museu Nazionale Romano) com um claustro construído por Michelangelo (La Certosa di Michelangelo)
  • Museu Palazzo Massimo alle Terme, um dos mais importantes museus romanos, que expõe afrescos des-lum-bran-tes de antigas vilas romanas, inclusive aquelas que foram abatidas para a construção do metrô B!

Policlinico

  • Campus da Università di Roma La Sapienza: um passeio que s-u-p-e-r aconselho a arquitetos e históricos interessados no estilo racionalismo italiano, também conhecido como arquitetura fascista. Todo o campus da universidade foi construído pelo maior arquiteto desse movimento: Marcello Piacentini, que depois foi professor da faculdade de arquitetura dessa universidade.

Bologna

  • Villa Torlonia, o terceiro maior parque verde de Roma. Ali residiu Mussolini, que construiu bunkers anti-aéreos nas cacatumbas ebraicas subterrâneas dos séc III e IV d.C. Para visitá-lo é necessário contatar a associação cultural Roma Sotterranea, especializadíssima em visitas no subsolo de Roma. No local também há alguns museus construídos nos palacetes e mansões que ocupavam a Villa. Assista online o tour virtual ao Casino Nobile.

Annibaliano

Veja a seguir serviços essenciais para a sua viagem

  • Seguro Viagem obrigatório para Itália e Europa em geral
A Itália faz parte dos países europeus que exige seguro de viagem com apólice mínima de € 30.000. Faça o seu Real Seguros.
  • Procurando hospedagem em hotel ou apartamento?
Reserve hotéis e apartamentos em qualquer cidade do mundo. Site em português e cotação em reais.
  • Aluguel de carro 
Vai viajar pela Itália, de norte a sul ou pelas colinas da Toscana? A melhor opção de viagem é alugar um carro.  
Luciana Rodrigues
Guia brasileira em Roma e Vaticano. Moradora de Roma há mais de 21 anos. Idealizadora e produtora de conteúdo do Roma Pra Você, para quem quer organizar a sua viagem a Roma em plena autonomia. Seja bem-vindo(a) e prazer em conhecê-lo(a)!

10 COMENTÁRIOS

    • A partir de 10 anos. Mas como o metro tem catraca, para usar gratis, sua filha tem que passar contigo e com o teu bilhete (tem catracas maiores para maes com crianças, cadeirantes e carrinhos de bebe).
      Abs,
      Luciana

  1. O bilhete de 24 horas, de 7 euros, eu tenho que validar só na primeira estação que usar ou tenho que validar em todas as entradas e saídas de estações de metro e onibus que eu usar?

    • O metrô tem catracas, então todas as vezes que você entrar, é necessário passar o bilhete no leitor eletrônico.
      Quanto aos ônibus, não é necessário.
      Abs,
      Luciana

    • Nas máquinas do metrô. Nas estações com bilheteria, você pode comprar no guichê. E em todos os outros lugares citados no post, onde você pode comprar bilhete comum, também podem ser comprados os passes.

  2. Se eu comprar um passe semana para viagens ilimitadas, mais de uma pessoa pode usar o passe, ou eu tenho que comprar um passe para cada pessoa?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dicas Mais Procuradas

- Advertisement -