You are here
Home > Outros Destinos > Emilia Romagna > Um dia em Modena: batendo perna na terra da Ferrari e de Pavarotti

Um dia em Modena: batendo perna na terra da Ferrari e de Pavarotti

Modena é uma daquelas cidades lindas e cheias de história e boa gastronomia. Um dia batendo perna por lá pode ser uma ótima pedida para conhecer seus monumentos famosos e provar deliciosos tortellini, vinagre balsâmico, queijo parmesão, sem falar dos vinhos.

A Itália é um país minúsculo se comparado com o Brasil. Mesmo assim passamos anos e anos sem voltar a uma cidade. Foi por isso que decidi passar um dia em Modena…

um-dia-em-modena-5

A bem da verdade, nos últimos anos estive algumas vezes na sua província, porque nossos parentes moram bem na fronteira de Bolonha com Modena, mas, havia mais de dez anos que não passeava pelo centro da cidade. Revê-la (posso até dizer… conhecê-la de novo!) foi uma das maiores surpresas das viagens fantásticas que fiz na Emilia-Romagna.

1-dia-em-modena-4

Venha bater perna comigo na terra da Ferrari e de Pavarotti…


Saindo de Bolonha e chegando em Modena

Geralmente Bolonha é a minha base para as viagens pela Emilia-Romagna, com um plus que ela também fica a 1 hora de Florença. Portanto, nem precisei reservar passagens antecipadamente. Só vi mesmo o tabelão com o horário dos trens e embarquei em um RV (Regionale Veloce). Pela bagatela de 3,90 euros e 26 minutos de viagem (sem atrasos!), cheguei em Modena pronta para descobrir a cidade.


Rumo ao centro da cidade

A caminhada da estação até o centro da cidade é bem breve. Eu já tinha estudado alguns sites de turismo, e também dado uma olhadinha rápida em alguns guias. Por isso já cheguei por lá sabendo mais ou menos o que queria ver, mas deixando tempo para o inesperado e, como diz o título desse artigo, para bater perna pela cidade. Na minha vaga recordação da última vez no centro de Modena, havia um parque bem bonito entre a estação e o centro.

o-que-ver-em-modena-6

Então ao invés de seguir reto para a Piazza Grande, passei antes pelo monumental Parco Ducale… Acho fantástico caminhar absolvida pelos meus pensamentos! Para uma mãe de família, viagens solo são a glória!

Depois de atravessá-lo, passei em frente à Academia Militar de Modena. Ela é mais ou menos como as nossas AMAN e AFA e forma os melhores oficiais das forças armadas italianas.

1-dia-em-modena-3

Dali em diante comecei a passar por pórticos e ruas charmosíssimas. No meio do caminho também havia o teatro da ópera da cidade, que, por óbvios motivos, se chama Luciano Pavarotti. Por que óbvio? Porque o grande tenor era um cidadão modenense.


Visita ao centro histórico e ao patrimônio Unesco

Desde 1997, a Piazza Grande, a Catedral de Modena e a Torre Ghirlandina foram declarados Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

um-dia-em-modena-10

Minha chegada ao centro de Modena me surpreendeu. Era domingo de manhã e pensei que a encontraria silenciosa, mas a Piazza Grande já estava super animada pela feirinha de antiquariato. Quem tem talento para caçar preciosidades, com certeza sairá de lá com boas compras.

Fui diretamente para o escritório de turismo e por 7 euros comprei um passe que dava direito a visitar todos os sites Unesco e o Palazzo Comunale, onde há degustação e uma breve (mais riquíssima aula) sobre o Vinagre Balsâmico de Modena.


Degustação de Vinagre Balsâmico no Palazzo Comunale

No horário marcado subi até o telhado do Palazzo Comunale. Tive uma aula e tanto sobre o vinagre balsâmico e, no final, pude degustar algumas colherinhas do produto. De lamber os beiços!

viagem-a-modena-4

Já escrevi um texto bem completo a respeito. Se quiser saber tin tin por tin tin sobre essa experiência maravilhosa, leia: Viagem a Modena: degustar o azeite balsâmico tradicional de Modena.

Essa é uma daquelas experiências incríveis! Não perca a chance de vivenciá-la!

O Palazzo Comunale é um palácio do séc. XVII (na verdade uma série de palácios adjacentes que foram unidos em um único prédio) que hoje hospeda a Prefeitura de Modena, e possui alguns ambientes que podem ser visitados pelo público. Mas esse não era meu objetivo dessa vez. Queria mesmo bater perna pela cidade.

viagem-a-modena-3

Terminada a degustação do vinagre balsâmico, fui para o Duomo de Modena.


Visita ao Duomo de Modena

Quando cheguei ao Duomo era a hora de uma das missas dominicais. A igreja estava lotada e havia um coro muito bonito durante o momento da comunhão.

um-dia-em-modena-11

Parei por alguns minutos para observar o rito, e também a beleza da igreja, fiz fotos da fachada externa e dali fui tomar um cafezinho em um dos bares no pórtico do Palazzo Comunale.


Subida à Torre Ghirlandina

Estava curiosíssima para ver Modena do alto. Acho que as cores da Emilia-Romagna são muito harmoniosas, entre o ocre, o vermelho, o amarelo, o bege. Aliás, você sabia que na Emilia-Romagna existe uma lei que indica com quais cores uma pessoa pode pintar a fachada das casas, principalmente se forem prédios históricos?

o-que-ver-em-modena

A Torre Ghirlandina possui 86 metros de altura e para chegar até o alto é necessário subir 200 degraus. Não é impossível! Ao chegar lá em cima fiquei simplesmente maravilhada com as cores da cidade. Além também de poder observar a sua arquitetura, a Piazza Grande, o Parco Ducale, os palácios. Me senti quase como uma criança em um parque de diversão.

o-que-ver-em-modena-3

Infelizmente por motivo de segurança as janelas da torre são protegidas por grades, então é mesmo um impacto para ver ao vivo. Porque não dá para voltar para casa com fotos maravilhosas!

o-que-ver-em-modena-4

Na torre há um mapa indicando os principais prédios da cidade.

o-que-ver-em-modena-5


Hora do almoço

Depois de descer da torre Ghirlandina, fiz um passeio a pé pelo centro. Decidi bater perna aleatoriamente para lá e para cá, para poder sentir um pouco da atmosfera local e porque queria encontrar um lugar para comer. Modena me deu mais “tranquilidade” na hora de escolher o que comer, do que as grandes cidades turísticas como Roma, Veneza, Florença, Milão, etc.

Não viaje para a Itália sem um Seguro Viagem

Compare os preços e compre o seu na Real Seguros  parcelado em até 12 vezes no cartão de crédito. Page com boleto bancário e ganhe 5% de desconto.

visitar-modena

Recebendo mais turismo interno (italianos) do que externo, e sendo os italianos bem chatinhos exigentes para comer, sabia que teria menos chance de cair numa furada.

Minha principal questão era: queria me alimentar bem, mas sem me sentar à mesa de um restaurante e esperar garçom que trás cardápio, escolher entrada, prato principal, esperar a comida, etc. Por outro lado não queria um lanche qualquer. Então passeei bastante pelo centro até que achei uma lanchonete super bonitinha, que prepara um dos produtos gastronômicos mais típicos da Emilia-Romagna: a tigella.

Explicando em modo rápido: a tigella é como se fosse um disco pequeno de pizza. Depois ele é aberto e recheado com o que a gente quiser, e servido quentinho. É simplesmente um manjar dos deuses. Junto com a crescentina (em bolonhês) ou gnocco frito (nhoque frito, em modenense) é uma iguaria que pode ser consumida como entrada, ou mesmo como a refeição principal. Touché!

Me sentei à mesa cedo (antes das 13h). Foi minha sorte porque logo depois o lugar encheu e tinha gente esperando uma mesa livre. Pedi várias tigelle: como recheios escolhi bacon enrolado (it.: pancetta arrotolata), mortadela, pesto de rúcula, presunto de parma e queijo parmesão. E para acompanhar, um dos vinhos da região: o lambrusco.

onde-comer-em-modena

Dois copos de vinho e muitas tigelle mais tarde, saí de lá rolando (risos!), e extremamente feliz. Comida me deixa feliz! A Emilia-Romagna é uma região de embutidos de ótima qualidade e a refeição foi nota 10. Quando gastei: 13 euros, incluindo 2 copos de vinho.

Ao sair de lá, continuei passeando pela cidade, e também vi algumas bodegas e barzinhos com uma cara simpática, na qual era possível fazer uma degustação com produtos regionais: vinagre balsâmico, queijo parmiggiano-reggiano, presunto de Parma e vinhos Lambrusco e Pignoletto (as principais uvas dessa localidade da Itália)

Ai Sorrisi

Piazza XXI Setembre 21

Site: http://www.tramezziniaisorrisi.it/


Conhecendo as ruas e prédios históricos de Modena

Dos vários percursos que consultei no site da secretaria de turismo de Modena, gostei de um que conduzia em algumas ruas onde se encontram os prédios históricos da cidade, como o Corso Canal Chiaro.

um-dia-em-modena-13

 

um-dia-em-modena-12

um-dia-em-modena-14


Retorno à Piazza Grande e visita aos Museus do Duomo

Ali no centro da Piazza Grande existem dois museus do Duomo: o Museo Lapidario e o Museu del Duomo propriamente dito.

um-dia-em-modena-7

O acervo do Museu Lapidario (Museu das Lápides) é constituído parcialmente de achados arqueológicos encontrados durante escavações e restauração da catedral (Il Duomo) de Modena. A outra parte provém de escavações espalhadas pelo território de Modena no curso dos séculos.

um-dia-em-modena-8
Sereias. Como o homem medieval acreditava em monstros marinhos nos confins da terra.

Alguns objetos decorativos pertencem à época medieval do Duomo, mas o que mais chama à atenção são as métopes com criaturas monstruosas, fabulosas, com expressões estranhas e posições acrobáticas. Essas “placas” (métopes) provavelmente decoravam o teto do Duomo durante a Idade Média e representavam criaturas que os antigos acreditavam que populassem os confins da terra (assim como a crença popular nos monstros marinhos durante o período das grandes navegações à descoberta de novos continentes). Provavelmente foram esculpidas entre o séc. XI e mais tardar na metade do séc. XII.

visitar-modena-2

1-dia-em-modena

No andar superior, existe um museu de arte sacra, que não é muito a minha praia. Dei uma passada rápida, mesmo assim chamou à minha atenção alguns manuscritos e textos bíblicos antiquíssimos, do séc. XIV ao séc. XVI. Também há um manuscrito do séc. VIII, assinado por Carlos Magno.


Mais um cafezinho e “Arrivederci, Modena”

conhecer-a-cidade-de-modena

Após visitar os Museus do Duomo tomei mais um café, perambulei um pouco pelas ruas e pelos pórticos no caminho de volta à estação de trem.

um-dia-em-modena-18

Passei novamente pela porta da Accademia Militare. Os cadetes estavam saindo da escola e retornando para suas casas.

1-dia-em-modena-2
A hora de dizer até logo a Modena

Atravessei mais alguns pórticos e peguei o trem em direção a Bolonha, para pegar minha mala no guarda-volumes da estação e depois, finalmente, embarcar para Roma.

Ciao, Modena! Até logo e grazie!

Mais dicas de Modena

Mais dicas da Emilia-Romagna

 Vai visitar o Coliseu e os Museus Vaticanos/Capela Sistina?

Compre o fura-filas com a TicketBar. Venda fácil em Português.



Organize agora a sua viagem

Viaje tranquilo com um Seguro para Viagens na Europa
A Itália faz parte dos países europeus que exigem um seguro para viagem com cobertura mínima de € 30.000. Contrate o seu com a Seguros Promo. Cotação gratuita com comparação de preços entre várias seguradoras.

Procurando um hotel em Roma? Reserve agora com o Booking.com
 O Booking.com é a empresa selecionada como parceira para reservas de hotéis em Roma, em qualquer outra cidade da Itália e no resto do mundo. As vantagens do Booking.com? O site está em português e você pode ver a cotação em reais. Booking.com

 Comparador para viagens de trem na Itália
 Compre suas passagens de trem sem custo adicional com a Trainline. Com a Trainline é possível comparar passagens de trem das principais companhias ferroviárias na Itália e Europa, sem acréscimo de preço.

Similar Articles

17 thoughts on “Um dia em Modena: batendo perna na terra da Ferrari e de Pavarotti

  1. Ai… como a Itália sempre nos surpreende!!!
    Amei seu relato, Lu! Confesso que só faltou um céu azul para deixar esse passeio ainda mais especial, né?!
    bjão

    1. Pois é. Passeios com céu azul é o sonho de qualquer viajante. Até saíram uns raios de sol tímidos enquanto eu estava na Torre, mas o tempo estava bem nublado a maior parte do tempo.
      Beijos e obrigada por comentar,
      Luciana

  2. A Itália é um dos países que pretendo voltar. Seguirei suas dicas e conhecerei Modena. Adorei a vista da cidade proporcionada pela Torre Ghirlandina.

  3. Adoro Itália e cada cidade tem o seu encanto! Esta ainda não conheço mas é tão bonita! Fez-me lembrar muito de Bolonha, com os arcos nas ruas. Excelentes dicas. Boas viagens!

  4. Itália, daqueles países que mais tenho vontade de conhecer na Europa. Amo ver relatos sobre as cidades do país, e esse aqui ficou demais. A cidade parece ser super charmosa e como mencionou, cheia de história. Uma pena que aquela torre a qual é possível ver os prédios da cidade tenha aquela grade de proteção. Sei que a grade é para segurança do turista, mas na hora de fotografar, acaba atrapalhando não é.

    Abraços

  5. Amei o texto e todos os detalhes. A Itália tem muitos lugares charmosos para explorar, um sonho voltar para conhecer a região.

  6. Nossa, a Itália nunca decepciona mesmo… que lugar lindo! Adorei as suas fotos, não consigo nem escolher qual foi o parte que mais gostei. Parece coisa de outro mundo. Preciso voltar à Itália urgentemente depois de ter visto o seu post 🙂

  7. Fico encantada com a riqueza cultural e gastronômica das cidades italianas. Ainda não conheço Bolonha nem Modena, mas gostei de saber que é baratinho viajar entre as duas. Quem sabe na próxima ida à Itália? Dicas anotadas 😉

  8. É incrível como cada cidadezinha da Itália tem algo de especial, não é mesmo?
    Achei Modena uma graça e uma opção interessante pra passeios de um dia.
    Obrigada pelo relato e pelo post! =)

  9. Poderia dar dicas de hotéis em Modena onde o preço é bem em conta ? Ou o ideal seria ficar em Bolonha para ir passear por outras cidades ?

    1. Raika,
      Tudo bem? Não conheço Modena tão bem para dar dicas de hotel com preço em conta.
      Pessoalmente eu preferiria ficar em Bolonha. Tem mais coisas para ver e fazer.
      Para dicas dessa região, dá uma olhadinha no blog da Dani: http://abolonhesa.com/ porque ela mora e escreve sobre o local.
      Abs,
      Luciana

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top