seguro viagem europa

Muitas pessoas que viajam para o velho continente, tem dúvidas se o Seguro Viagem Europa é mesmo obrigatório. A resposta é sim!

O seguro viagem Europa é um dos documentos, juntos com passagem (de ida e volta), hospedagem e garantias financeiras, que o oficial da imigração pode pedir quando você passar por um dos controles de fronteiras europeus. Com tudo certinho, você passa sem medo pela imigração italiana. Portanto todos os 26 países signatários do Tratado de Schengen exigem que seus visitantes possuam um seguro viagem.

Clique aqui e ganhe 10% de desconto no seu seguro viagem


Saiba detalhadamente porque é obrigatório fazer um seguro viagem Europa


Países que exigem o “Seguro Schengen” (seguro viagem Europa com cobertura mínima de 30.000 euros)

Em 1985 alguns países europeus assinaram um Tratado que se chama Tratado de Schengen. Esse tratado faz com que seus signatários formem um território comum, a chamada Área Schengen. O turista brasileiro não prrecisa requerer visto de turismo ao viajar pelos países signatários do Tratado de Shengen, mas deve estar em dia com os documentos e exigëncias para não ser barrado na imigração: passagem de ida e volta, comprovante de hospedagem, garantias financeiras e seguro viagem. Atualmente esses são os países que exigem o seguro viagem schengen.

    • Alemanha;
    • Áustria;
    • Bélgica;
    • Dinamarca;
    • Eslováquia;
    • Eslovênia;
    • Espanha;
    • Estônia;
    • Finlândia;
    • França
    • Grécia;
    • Holanda;
    • Hungria;
    • Islândia;
    • Itália;
    • Liechtenstein;
    • Letônia;
    • Lituânia;
    • Luxemburgo;
    • Malta;
    • Noruega;
    • Polônia;
    • Portugal;
    • República Tcheca;
    • Suécia;
    • Suíça.

Não vale a pena poupar em um item fundamental, principalmente (mas não exclusivamente) se você adoecer na Europa. O seguro viagem Europa é um dos documentos que os agentes de imigração menos pedem. Não pense somente neste quesito, mas na real necessidade de precisar de assistência médica, de um advogado, de ter suas malas extraviadas, de precisar ser socorrido por um parente que poderá sair do Brasil e estar ao seu lado e até em um caso fatal de óbito no exterior.

Seguro viagem europa 468x60

 Um seguro viagem custa 10 reais por dia. Sua vida e sua tranquilidade valem mais do que isso, certo? 


Qual lei regula a obrigatoriedade do seguro viagem para a Europa?

O regulamento 810/2009 do Parlamento Europeu, também conhecido como Código Comunitário de Vistos é a lei que diz que um turista necessita obrigatoriamente do seguro viagem ao entrar na área comum do Tratado de Schengen.

Trata-se do Artigo 15, parágrafo 3

A seguir colei e evidenciei a parte que nos toca, enquanto turistas na UE:

Para ler o regulamento na sua forma integral, visite a página: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/HTML/?uri=CELEX:32009R0810&from=PT

Por que o seguro viagem Europa é obrigatório?

Vamos jogar um sincerão: a União Europeia não quer gastar dinheiro com você. Em um caso de emergência, a Europa não quer pagar os seus custos hospitalares do próprio bolso. Muitos países da UE não negam assistência médica emergencial em pronto socorro. Mas a partir do momento que um cidadão não contribui com impostos e taxas na Europa (mesmo tendo passaporte europeu), ele terá que arcar com as despesas médicas e sanitárias.

Mas não acaba por aí.

O Seguro Viagem Europa cobre uma série de “situações de risco de emergência” que podem ocorrer durante a viagem. Imaginem a insegurança de estar em um país estrangeiro e passar por um momento de dificuldade, sobretudo quando essa dificuldade significa ter que gastar dinheiro… e em euros!

FAZER COTAÇÃO COM 10% DE DESCONTO


O que o seguro viagem europa cobre?

A União Europeia pede que a apólice do segurado cubra pelo menos 30.000 euros de possíveis eventualidades. Se você estiver viajando com gestantes e idosos, pense na possibilidade de fazer apólices com uma cobertura maior.

Casos mais corriqueiros

Na vida de todo viajante, mais ou cedo ou mais tarde acontecerá aquela cena triste de, ficar esperando a mala aparecer na esteira transportadora do aeroporto e… simplesmente, após ver todo mundo ir embora, se dar conta que a sua mala não chegou. O que fazer nesses casos? Você pode acionar o seu seguro viagem. Infelizmente também não estamos livres de termos probleminhas de saúde em terras extrangeiras. De uma simples febre ou dor de dente… ao famoso “piriri” africano ou asiático.

Extravio de bagagem

Ao invés de ficar brigando com a companhia aérea, acione imediatamente o seguro.

Assistência médica

de uma simples gripe, a uma internação ou cirurgia, seu seguro cobrirá todas as despesas.

Atendimento em português

A seguradora atende em  português através de um número 0800, Skype, WhatsApp ou aplicativo.

Cobertura em casos extremos

Todos saímos de casa com a certeza de que vamos curtir nossas férias e voltaremos incólumes. Mas a verdade é que, assim como na nossa vida cotidiana, infelizmente podemos nos deparar com situações extremas e graves que fogem ao nosso controle. E o pior seria em uma situação de extrema urgência, ainda ter que desembolsar quantias elevadas de dinheiro.

Repatriação

Se um viajante for barrado na imigração e precisar ser colocado em um voo de volta. Se a companhia aérea não solucionar imediatamente o problema, o seguro pode ser acionado.

Despesas legais

Mesmo que involuntariamente você se encontre na situação de precisar da assistência de um advogado. Acidentes de trânsito e furtos em hotel são fatos corriqueiros.

Falecimento no exterior

Toc, toc, toc. Vamos bater na madeira, mas, se acontecer um evento trágico como esse, o seguro viagem Europa cobre o traslado até o Brasil.

Mais alguns exemplos:

Remarcação de voo, inclusive para classe superior: se ocorrer alguma emergência que obrigar a remarcação de voo, o seguro viagem Europa cobre o custo da nova passagem. Se o usuário precisar viajar em condições especiais (deitado, com a perna esticada, etc. , o seguro também cobra o upgrade para uma classe que permita que o segurado retorne ao Brasil em segurança).

Internação com necessidade de acompanhamento: se o viajante for internado, operado e necessitar de companhia, há apólices que cobrem total ou parcialmente os custos de uma passagem aérea para que um parente possa assisti-lo no exterior.

Hospedagem: vide o caso acima. Se um parente tiver que ir ao exterior assistir o viajante há apólices de seguro que também cobrem os custos de hospedagem.

Assistência odontológica: Imagina ter uma dor de dente durante a viagem?! Você poderá contar com o auxílio odontológico durante a viagem e não vai precisar que uma for de dente acabe com as suas férias.

Seguro para gestantes: algumas seguradoras possuem cobertura até a vigésima oitava semana de gravidez, e outras até a trigésima segunda semana de gravidez.

Portanto, é isso que a Europa quer de você, ou seja, que você não pese no bolso da Europa.

seguro viagem europa 2


O Seguro viagem Europa é obrigatório para brasileiros com dupla cidadania?

Como cidadão europeu, o agente da imigração não pedirá um comprovante de seguro viagem.

Mas, ser cidadão europeu não basta para ter direito a atendimento hospitalar. Na Itália você vai necessitar ter a carteirinha do SUS italiano (tessera sanitaria).

Não basta ter passaporte europeu para ter todos os direitos a assistência médica, mas a carteirinha europeia do SUS. Essa é a que temos na Itália.

Para requerer a tessera sanitaria você tem que possuir CPF italiano (codice fiscale) e estar disposto a perder pelo menos algumas horas para fazer a carteirinha. Aqui em Roma, por exemplo, as filas são sempre enormes.

Portanto, se a sua viagem for rápida e de poucos dias, vale a pena já sair do Brasil com um seguro viagem.

Leia também: CDAM: o seguro saúde do INSS para turistas na Itália


Viajar para a europa no inverno: uma época que requer proteção adicional

Se você for viajar para a Europa durante o inverno, terá uma razão a mais para fazer um seguro viagem. Em alguns países, mesmo quando não neva, venta muito, chove e as temperaturas alcançam facilmente os graus negativos.

Durante o inverno, um dos assuntos que vira uma espécie de histeria coletiva é “quantas gripes você já pegou nesse inverno?”. E daí o assunto evolui para gripe com tosse, gripe com febre, quem faltou ao trabalho, quem precisou ficar em casa para cuidar das crianças.

Ao fazer um seguro viagem, em caso de uma gripe ou mal estar (vaso constrição para pessoas hipertensas) é possível chamar um médico que pode atender no prório hotel, se não for um caso grave.

Se houver a mínima chance de você visitar um lugar com neve, sobretudo se pretende esquiar ou fazer caminhadas na neve, contrate seguro para esportes de inverno: uma apólice que cubra incidentes ou acidentes causados durante a prática de esportes de inverno.


Vamos falar em números… quanto custa um seguro viagem Europa?

Seguros com cobertura de 10 dias custa cerca de 110 reais (com franquia de 30.000 euros) a 133 reais (com franquia minima de 100.000 euros). Ademais, também há cobertura para bagagem extraviada.

Faça uma comparação completamente gratuita e conheça o preço das principais seguradoras do país.

Comparador de Preços: clique nesse link e compare os preços das principais seguradoras

seguro viagem europa


E o seguro do cartao de crédito? Vale a pena?

Antes de viajar informe-se bem. Os cartoes de crédito geralmente funcionam com a fórmula de reembolso viagem, com exceção dos cartões ouro, platinum e diamante. Isto significa que voce terá que pagar todos os custos e só na volta ao Brasil, apresentando toda a documentação (notas e recibos fiscais), será reembolsado.

Se o custo for alto, você teria como pagar as despesas na hora?

Outra cláusula a ser verificada (leia bem as letrinhas minúsculas): muitos seguros de cartão de crédito geralmente só cobrem até 30 dias de viagem. Se você passar mais tempo viajando, terá que contyratar um seguro adicional.

Aqui mora o perigo! As seguradoras de cartão de crédito só liberam a apólice grátis se a passagem aérea for comprada com o cartão. Em caso de parcelamento, a viagem tem que estar quitada para ter direito ao seguro gratuito.

Averigue bem, antes de confiar em um seguro de cartão de crédito.


Como contratar o Seguro Viagem Europa?

Contratar um seguro viagem Europa é muito fácil. Recomendamos a empresa Real Seguros. O site permite que você compare os preços das principais seguradoras, e também o número de dias de viagem e a cobertura mínima e máxima da sua apólice.

O site da Real Seguros vai pedir para você indicar o continente para o qual deseja viajar, a data do início da viagem (contanto a sua data de embarque saindo do Brasil) e a data do final da viagem (contando a data na qual você colocará os pés de volta no Brasil).

seguro viagem europa

A partir daí, o site vai comparar todas as apólices. As empresas mais populares são Travel Ace, GTA e Assist Card.


FAZER COTAÇÃO COM 10% DE DESCONTO


Informe-se mais sobre o seguro viagem e não viaje desprotegido