Ao planejar a sua viagem, saiba que o seguro viagem é obrigatório na Europa.

O seguro viagem é um dos documentos, juntos com passagem (de ida e volta), hospedagem e garantias financeiras, que o oficial da imigração pode pedir quando voce chegar em uma das fronteiras europeias. Com tudo certinho, você passa sem medo pela imigração italiana.

Muitas pessoas querem economizar justamente em um item fundamental, principalmente (mas não exclusivamente) se você adoecer na Europa.

Todos os 26 países signatários do Tratado de Schengen exigem que seus visitantes possuam um seguro viagem.

Muitas pessoas não se preocupam com o seguro viagem porque ele é um dos documentos que os agentes de imigração menos pedem. Não pense somente neste quesito, mas na real necessidade de precisar de assistência médica, de um advogado, de ter suas malas extraviadas, de precisar ser socorrido por um parente que poderá sair do Brasil e estar ao seu lado.



Por que o seguro viagem é obrigatório na Europa?

Vamos jogar um sincerão: a União Europeia não quer gastar dinheiro com você, que não é um cidadão europeu. Em um caso de emergência, a Europa não quer pagar os seus custos hospitalares do próprio bolso.

Mas não acaba por aí.

O Seguro Viagem é obrigatório na Europa porque ele cobre uma série de “situações de risco de emergência” que podem ocorrer durante a viagem de um cidadão não-europeu.

Alguns exemplos:

Repatriação: se um cidadão for barrado na imigração e precisar ser colocado em um voo de volta. Se a companhia aérea não solucionar imediatamente o problema, o seguro pode ser acionado.

Internação com necessidade de acompanhamento: se o viajante for internado, operado e necessitar de companhia, há apólices que cobrem total ou parcialmente os custos de uma passagem aérea para que um parente possa assisti-lo no exterior.

Hospedagem: vide o caso acima. Se um parente tiver que ir ao exterior assistir o viajante há apólices de seguro que também cobrem os custos de hospedagem.

Despesas advocatícias: mesmo que involuntariamente você se encontre na situação de precisar da assistência de um advogado. Convenhamos… a chance é rara, mas, o seguro morreu de velho. Portanto, há apólices de seguro viagem para a Europa que também cobrem honorários de um advogado e até fianças.

Falecimento no exterior: toc, toc, toc. Vamos bater na madeira, mas, se acontecer, o seguro viagem cobre o traslado até o Brasil.

Seguro para gestantes: algumas seguradoras possuem cobertura até a vigésima oitava semana de gravidez, e outras até a trigésima segunda semana de gravidez.

Extravio de bagagem: ao invés de ficar brigando com a companhia aérea, acione imediatamente o seguro.

Portanto, é isso que a Europa quer de você, ou seja, que você não pese no bolso da Europa.


O seguro viagem é obrigatório na Europa para brasileiros com cidadania de algum país europeu?

Pelo menos na Itália, não. Mas nem tudo são flores!

Me explico melhor: como cidadão europeu, o agente da imigração não lhe pedirá um seguro viagem.

Mas, ser cidadão europeu não basta para ter direito a atendimento hospitalar. Na Itália você vai necessitar ter a carteirinha do SUS italiano (tessera sanitaria).

Para requerer a tessera sanitaria você tem que possuir CPF italiano (codice fiscale) e estar disposto a perder pelo menos algumas horas para fazer a carteirinha. Aqui em Roma, por exemplo, as filas são sempre enormes.

Portanto, se a sua viagem for rápida e de poucos dias, vale a pena já sair do Brasil com um seguro viagem.


Vamos falar em números… quanto custa um seguro viagem para a Europa?

Seguros com cobertura de 1 semana podem custar cerca de 80 reais (com franquia de 35.000 euros) a 133 reais (com franquia minima de 100.000 euros). Ademais, também há cobertura para bagagem extraviada.

Faça uma comparação completamente gratuita e conheça o preço das principais seguradoras do país.


E o seguro do cartao de crédito? Vale a pena?

Antes de viajar informe-se bem. Os cartoes de crédito geralmente funcionam com a fórmula de reembolso, com exceção dos cartões ouro, platinum e diamente. Isto significa que voce terá que pagar todos os custos e só na volta ao Brasil, apresentando toda a documentaçao (notas e recibos fiscais), será reembolsado.

Se o custo for alto, você teria como pagar as despesas na hora?


Como contratar o Seguro Viagem?

O Roma Pra Você recomenda a empresa Seguros Promo. Cotação rápida e gratuita com as principais seguradoras do país.