You are here
Home > Comer e Beber > Funcho, um vegetal muito presente na mesa dos italianos

Funcho, um vegetal muito presente na mesa dos italianos

 tour guiado em roma 728x90

O Finocchio (pt.: funcho) ou o “bulbo da erva-doce”, é um alimento muito consumido pelos italianos, e presente em todas (todas mesmo!) barraquinhas de feira, mercearias e supermercados. Não precisa ir a farmer markets ou feirinhas bio (e caras!) para encontrá-lo.

No Brasil, todos nós conhecemos o gosto da erva-doce, ou de uma bala de anis, mas quase ninguém come o funcho no dia-a-dia. Aliás, confesso que, antes de morar na Itália, nunca havia visto ou prestado a atenção para a existência do funcho.

Na Itália ele é muito consumido. Talvez menos do que outros vegetais como a batata, a abobrinha ou a cenoura, mas, todas as barraquinhas de feira, ou os supermercados possuem grandes quantidades desse vegetal.

Uma das suas maiores vantagens: ele dura muito. Se você o comprar e esquecer por alguns dias na geladeira, o encontrará ainda fresco. Se a parte externa ficar um pouco “queimada” ou escurecida com o frio da geladeira, basta descascar 1 ou 2 camadas externas. Mas mesmo fora da geladeira ele dura bastante.

Ele é servido cru com pinzimonio, em saladas temperado com azeite e sal e em combinações (ou acompanhamento) de pratos crus, como um carpaccio ou tartare de carne vermelha ou um carpaccio de salmão defumado. Uma receita deliciosa e barata é o funcho gratinado no forno, com molho bechamel e queijo parmesão.

Como planta medicinal, olha o funcho aí de novo: ele é o diurético natural número 1 recomendado tanto por médicos homeopatas quanto por alopatas. Seu poder de nos ajudar a fazer xixi é uma unanimidade. Nesse caso são recomendadas as infusões ou chás. Também ajuda a aliviar cólicas e gases dos bebês. Muitos pediatras o recomendam.


Funcho gratinado

Mas se alguém te chamar de finocchio, alto lá…

Na gíria popular e, a meu ver, não é nada elegante, finocchio é sinônimo de gay. É um modo de fazer um bullying pesado de um homossexual do sexo masculino. Acho um termo pejorativo, ofensivo!

Existem várias teorias (não confirmadas) sobre a etimologia, uso e acepção do significado.

Muitos dizem que, quando na idade média queimavam as bruxas e os homossexuais, era usual jogar pequenos galhos da planta de erva-doce, para evitar o cheiro de queimado. E parece que assim, começaram a chamar os gays de finocchio. Muitos se perguntam porque então as bruxas, ou os hereges também queimados na fogueira não ganharam o mesmo apelido.


Culinária:

Se você compreende um pouco o italiano (senão, amigo(a), para que serve o Google Translate, né?), aqui vão algumas receitinhas com o funcho:

Funcho gratinado http://ricette.giallozafferano.it/Finocchi-gratinati.html

Funcho gratinado sem bechamel http://www.chiarapassion.com/2016/01/finocchi-gratinati.html

10 receitas top com funcho, até massas http://www.salepepe.it/menu/top-ten-ricette/10-migliori-ricette-finocchi/

Mais receitas e tem até sopas com funcho http://www.cucchiaio.it/ricette/verdure_finocchi~1/


Bom Apetite!

#coisasqueositalianoscomem

Imagens: da internet, rigorosamente de uso gratuito.

 


Organize agora a sua viagem

Viaje tranquilo com um Seguro de Viagem para a Europa
A Itália faz parte dos países europeus signatários do Tratado de Schengen que exige um seguro de viagem com cobertura mínima de € 30.000. Contrate o seu com a Seguros Promo, empresa parceira do blog. A cotação é totalmente gratuita e você pode comparar os preços de várias seguradoras. Descontos de 5% com o código ROMAPRAVOCE5. Os seguros cobrem assistência médica e hospitalar, com possibilidade de atendimento no seu hotel, remarcação de voos, extravio de bagagens e até traslados em caso de falecimento no exterior. Não conte com a sorte, contrate um seguro!

Procurando um hotel em Roma? Reserve agora com o Booking.com
 O Booking.com é a empresa selecionada como parceira para reservas de hotéis em Roma, em qualquer outra cidade da Itália e no resto do mundo. Só em Roma, o Booking.com oferece mais de 9.000 acomodações, das quais mais de 5.000 hotéis. As vantagens do Booking.com? O site está em português e você pode ver a cotação em reais. Pode reservar sem compromisso (inserindo o número do cartão de crédito) e só pagar ao fazer o check-in. O cancelamento da reserva é grátuito. Booking.com

Similar Articles

18 thoughts on “Funcho, um vegetal muito presente na mesa dos italianos

  1. Pode confessar que eu detesto Finocchio? hahaha Volta e meia ele aparecia na minha mesa lá na Bélgica, mas não dá. Se bem que essa versão dele empanada pode até ser melhor. hehehe

  2. Que interessante saber sobre o funcho, sempre vejo nos mercados aqui em Toronto mas nunca comprei por não saber o que fazer com ele. Vivendo e aprendendo. Vou testar as receitas sugeridas.

  3. Ai, gente… falando de Itália e de comida assim, você nos conquista muito fácil! kkkkk
    Também passamos a conhecer melhor o finocchio na nossa temporada italiana. Adorávamos comer cru acompanhado de um molho de iogurte + zatar (fica a dica kkkkk) <3

  4. eu comi sem saber e falei ~tem gosto de bala~ hauehaue e os italianos ficaram como assimmmm! nunca imaginei q comeriam aqui na Italia, nao eh um dos melhores sabores, mas da pra variar de vez em quando

    1. Tem gosto daquelas balas de anis, né?
      Gozado é que eu gosto de funcho e chá de erva-doce, mas detesto qualquer coisa com anis.

Deixe uma resposta

Top