Visita ao Museu Casa Enzo Ferrari de Modena

Modena reserva dois espaços e momentos dedicados à Ferrari: um mais “sentimental”, o Museu Casa Enzo Ferrari, e outro com tecnologia e adrenalina elevadas à enésima potência, o Museu Ferrari de Maranello. Nas minhas andanças pela sempre prazerosa região Emilia-Romagna, primeiro tive a oportunidade de visitar o Museu Ferrari de Maranello. E

Conhecendo o Gueto Judaico de Ferrara

Os guetos judaicos mais antigos do mundo encontram-se na Itália. Se você não sabe, a palavra gueto é de origem veneziana, já que o gueto de Veneza (1516) é o mais antigo do mundo, seguido daquele de Roma (1555). Ambos valem a pena uma visita e, se possível, mais do

Ravenna em imagens

Do dia que passei em Ravenna, ficou na minha mente o contraste nítido entre os maravilhosos mosaicos, com cores fortes e muito ouro, e os tons pastéis de muitos prédios da cidade. Por isso gostaria de contar um pouco do que vi no meu passeio por lá. Venham comigo! Vamos

A rota dos mosaicos de Ravenna

Ravenna é muito mais do que mosaicos, mas Ravenna é sobretudo mosaicos. Essa cidade que reúne oito sítios eleitos pela Unesco como patrimônio da Humanidade vai lhe surpreender! No dia em que visitei a cidade, por exemplo, parece que existiam duas turmas: turistas que estavam desembarcando na cidade para ver suas maravilhas

Bolonha com e sem crianças: a Biblioteca Salaborsa

Vez por outra encontramos pela internet algumas listas retratando bibliotecas ao redor do mundo: as mais bonitas, as mais modernas, as mais inusitadas... Gostaria de apresentar a vocês a Biblioteca Salaborsa de Bolonha, que reúne muitos desses adjetivos e, o melhor de tudo, completa e facilmente fruível pelo público. Poderia também

Os canais de Bolonha ou o “passado veneziano” da cidade

Bolonha é uma cidade cheia de surpresas, muitas delas poderiam ser comparadas a um porta-joias: para ver o seu valor é preciso descobrir o que há dentro. Acostumada a uma cidade de beleza despudorada como Roma, às vezes me surpreendo com cidades de “tesouros escondidos”. Além das suas praças, seus prédios