You are here
Home > Ruínas e Subterrâneos > Visitar as Catacumbas de São Calixto na Via Ápia Antiga

Visitar as Catacumbas de São Calixto na Via Ápia Antiga

Das muitas visitas surpreendentes de Roma, com certeza uma delas é visitar as Catacumbas de São Calixto e assim também poder explorar um pouco mais da Via Ápia Antiga.

Antes de continuar a leitura, aconselho que você dê uma olhadinha no post a seguir, porque são itinerários complementares:

Via Ápia Antiga #2: caminhar pelas antigas muralhas que circundavam Roma

Esta é a foto das Muralhas Aurelianas (séc. 3 d.C.). As catacumbas estão do lado de fora do muro (estamos vendo as costas das muralhas). Portanto aqui já era o limite extraurbano de Roma.

Mas, voltando às catacumbas, senta que lá vem muita história e história da boa.

Foto de Domínio Público

Catacumbas de Roma e sua origem: Onde? Quando? Por quê?


Onde?

Em dois períodos da história milenar dessa cidade, foram construídas muralhas de defesa: as Muralhas Servianas (4 séculos antes de Cristo) e as Muralhas Aurelianas (3 séculos depois de Cristo). Elas quase sempre marcavam o perímetro urbano: tudo o que estava dentro fazia parte da urbe, tudo o que ficava fora era considerado periferia.

Outro fato importante: em Roma existia uma lei que não permitia enterrar os mortos dentro dos muros da cidade, sobretudo a causa higiênica (afinal os cemitérios como os conhecemos hoje nasceram somente em época napoleônica. Para saber mais pesquise sobre o Édito de Saint Cloud ou Décret Impérial sur les Sépultures).

Trecho das Muralhas Aurelianas ali nos arredores das Catacumbas de São Calixto

Como eram as muralhas a delimitarem a cidade, os cemitérios nasciam do lado de fora.

Então hoje em dia, quando visitamos catacumbas, sabemos que aquele lugar ali, na antiguidade, era o perímetro extraurbano da cidade de Roma. Tudo ali era uma área “fora das muralhas”.


Quando e Por quê?

As catacumbas eram cemitérios subterrâneos utilizados na antiguidade. Considerem que uma das razões era o preço dos terrenos para enterrar os mortos ou construir um jazigo de família, outras vezes a falta de espaço dentro da própria cidade (com exceção de Roma onde não era permitido enterrar os mortos no espaço urbano mesmo se houvesse espaço). Então utilizar cavernas já existentes ou cavar cavernas em pedras vulcânicas (no caso de Roma, essa pedra se chama tufo) era a solução mais eficaz.

Foto de Domínio Público

Portanto, quase todos os povos muito antigos conheceram em algum momento da história, o enterro de corpos em câmeras ou ambientes subterrâneos.

Especificamente no caso de Roma, as catacumbas começam a proliferar com o cristianiamo. Os romanos (não acreditando na ressurreição do corpo) quase sempre preferiam o ritual de cremação. Os cristãos interpretando ao pé da letra o conceito de ressurreição, acreditavam que a alma tinha que encontrar o corpo para fazer a sua passagem para a vida eterna. Considerando então que o cristianismo começa a se expandir em Roma por volta dos anos 60 d.C., digamos que é nessa época que começam a se expandir também as catacumbas ou as necrópoles. Em Roma, a necrópole mais famosa é a Vaticana, onde São Pedro teria sido enterrado.


As catacumbas cristãs

Como os pagãos praticavam tanto a cremação quanto a inumação (enterro do corpo), e os cristãos praticavam somente a inumação, o que acontece é que as catacumbas passam a ser consideradas por acepção o tipo de “cemitério dos cristãos”.

Foto de Domínio Público

Se nas tumbas dos pagãos, muitas vezes os jazigos eram decorados com símbolos e decorações pagãs (exemplo: deuses da mitologia), os cristãos começam a adotar as suas simbologias, muitas vezes “secretas” porque o cristianismo ainda era uma religião perseguida. Somente após 313, como o Edito de Milão, assinado pelo Imperador Constantino (dando liberdade de culto aos cristãos) é que os símbolos ou a proclamação da fé se tornam mais evidentes.

Portanto as catacumbas conhecem uma grande expansão entre os séc. 4 e 9 d.C.


Os símbolos cristãos e o que vemos nas catacumbas de São Calixto

As catacumbas de São Calixto estão entre as maiores catacumbas de Roma e estima-se que haja 500.000 sepulturas. Não são as únicas e em Roma as mais famosas são: as Catacumbas da Via Ápia (Catacumbas de São Calixto, Catacumba de São Sebastião, Catacumbas de Domitila) e as Catacumbas que hoje estão dentro da cidade (Catacumbas de Santa Agnes e Catacumbas de Priscila).

A primeira coisa a saber é: faz frioooo dentro das catacumbas. A visita dura 45 minutos e como descemos nos subterrâneos, pode fazer até 15 graus a menos em relação à temperatura ambiente. Portanto, leve um cardigã ou um moletom levinho. Não precisa de casaco pesado!

Assim que descemos percorremos corredores e corredores com lóculos escavados na pedra. Os corpos eram enrolados em um lençol, muitas vezes perfumados com incensos e óleo, colocados dentro dessas gavetas (como temos nos cemitérios modernos) e colocava-se uma placa de poderia ser de pedra ou mármore) com o nome, idade, dedicatória da família. Se o defunto era cristão, no túmulo desenhavam alguns símbolos “secretos” de uma religião que ainda era perseguida.

Geralmente os símbolos eram:

A âncora que significava a salvação

O orador: um símbolo de época pagã, que é plenamente adotado pelos cristãos, reintrepretando-o como um homem que eleva seus braços a Deus, em Oração.

As letras gregas X (CHI) e P (RO) porque são as duas letras iniciais do nome de Cristo. Esse símbolo se chama Monograma de Cristo. Também encontramos Alfa e Omega, ou seja, o início e o fim.

A pomba com um ramo de oliveira no bico, símbolo do batismo com o Espírito Santo.

O peixe, o qual para mim é um dos símbolos mais importantes. Peixe em latim significava IXTHYS (ICTIS). E o acróstico era usado para interpretar “Iesús Cristós, Theoú Yiós, Sotér” = Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador. Não é interessante?

Jonas e a Baleia: como Jonas fica três dias no ventre da baleia e depois é vomitado, a interpretação dos primeiros cristࣦãos é que Jonas morreu e ressuscitou após três dias como Cristo. Ou também cenas de banquete, cujos comensais são sete, já que esse é o número da perfeição. Somente em um momento posterior do Cristianismo é que o banquete é representado como a última ceia de Cristo.

Também existiam outros símbolos pagãos que foram adotados pelos cristãos, que porém o reinterpretavam. Um dos maiores exemplos é o Hermes Crióforo reinterpretado como o Bom Pastor.


São Calixto

As Catacumbas de São Calixto começaram a ser escavadas no segundo século d.C. em um terreno administrado pela comunidade de cristãos. Calixto tinha sido encarregado pelo Papa Zeferino como guardião desse cemitério, e quando o próprio Calixto viraoupapa, ele fez com que as catacumbas fossem ampliadas.

Maiestas Domini (A Majestade do Senhor): essa é uma típica representação de Cristo na Alta Idade Média. Na Mão esquerda o livro da vida e na mão direita, Cristo bendiz os fieis. Esse afresco está na Cripta de Santa Cecilia.

Nas Catacumbas de São Calixto também foram enterrados papas e santos mártires. Uma das mais famosas é Santa Cecilia, a santa padroeira da música, cujo corpo foi reexumado e levado para a Basílica de Santa Maria no Trastevere.

A Cripta de Santa Cecilia. Um dos primeiros ambientes que visitamos e um dos mais interessantes, porque conserva afrescos da alta idade média. Olhem o Orador ali no muro, com as mãos levantadas para os céus.

Com certeza é uma visita que vale a pena para conhecer as “cidades subterrâneas dos mortos” em Roma.


Como chegar até lá? Com calma e sangue frio!

Não é super fácil chegar até a Via Ápia, mas também não é impossível. Há poucas linhas de ônibus e são demoradas. Vocês lerão várias opções na internet, mas eu que já testei todas (inclusive ficando com alguns amigos que também são guias de turismo, em um ponto de ônibus escuro, no meio do mato, em pleno inverno) vou dizer para você qual é a “menos pior” das alternativas: metrô linha A + ônibus 218

Pegue o metrô (linha A) até a Estação de San Giovanni. Ao sair da estação siga as setas/saídas que indicam Via Magna Grecia. Saia do metrô e vá até a parada do ônibus 218. Eu sempre uso o Waze ou o aplicativo/site das empresas de transporte de Roma. Neste caso, a tela a seguir é do site Muoversi a Roma. Evidenciei onde você pega o ônibus e onde desce.

O 218 leva cerca de 15 minutos para chegar até as Catacumbas de São Calixto. Alguns ônibus modernos possuem indicação vocal e/ou visual, indicando o nome das paradas. Nesse caso: Fosse Ardeatine ou Martiri delle Fosse Ardeatine.

Quando o ônibus passar por aqui (Porta San Sebastiano), ele vai virar a esquerda e entrar na Via Ápia Antiga. Dali sao 5 pontos de onibus.

Mas praticamente, depois que você ver as muralhas aurelianas e que o ônibus entrar na Via Ápia, são cinco paradas. Em caso de dúvida, pergunte ao motorista. O ponto de ônibus (ida e volta) fica na porta das Catacumbas de São Calixto.


Catacumbas de São Calixto

Site: https://www.catacombe.roma.it/it/index.php

Endereço: Via Appia Antiga 110

Dias, Horários e Preços:

Abre todos os dias, com exceção das 4as feiras. Das 9 às 12, e das 14 às 17.

Fecha nas seguintes datas:

  • 1 de janeiro
  • Inverno de 21 de janeiro a 25 de fevereiro
  • Domingo de páscoa
  • 25 de dezembro

Preço: 8 euros

No ingresso estão incluídas visitas guiadas em inglês, francês, espanhol, alemão e italiano com guias do próprio sítio arqueológico. Alguns guias são melhores, outros piores, mas no geral dão uma boa explicação.


Mais dicas para você curtir a Via Ápia Antiga


Atenção: Atualmente não é possível fotografar ou filmar dentro das Catacumbas. Portanto, busquei fotos de domínio público para mostrar o que vocês verão nas Catacumbas de São Calixto.



Organize agora a sua viagem

Viaje tranquilo com um Seguro para Viagens na Europa
A Itália faz parte dos países europeus que exigem um seguro para viagem com cobertura mínima de € 30.000. Contrate o seu com a Seguros Promo. Cotação gratuita com comparação de preços entre várias seguradoras.

Procurando um hotel em Roma? Reserve agora com o Booking.com
 O Booking.com é a empresa selecionada como parceira para reservas de hotéis em Roma, em qualquer outra cidade da Itália e no resto do mundo. As vantagens do Booking.com? O site está em português e você pode ver a cotação em reais. Booking.com

 Comparador para viagens de trem na Itália
 Compre suas passagens de trem sem custo adicional com a Trainline. Com a Trainline é possível comparar passagens de trem das principais companhias ferroviárias na Itália e Europa, sem acréscimo de preço.

Similar Articles

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Top